Você está aqui: Página Inicial > Baturité > Notícias > Lançamento do Livro Maciço de Baturité: Saberes, Sabores e Sustentabilidade
conteúdo

Notícias

Lançamento do Livro Maciço de Baturité: Saberes, Sabores e Sustentabilidade

publicado: 04/10/2017 08h00, última modificação: 09/10/2017 10h55

Na tarde da quarta-feira (27/09) foi lançado o livro  Maciço de Baturité: Saberes, Sabores e Sustentabilidade no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, campus de Baturité.

Estiveram presentes, abrilhantando o evento, as professoras organizadoras do livro: a professora doutora Anna Érika Ferreira Lima, a professora mestra e doutoranda Márcia Maria Leal de Medeiros e a professora mestra Glaucilene Lima Maia e demais professores autores.

O evento contou com a apresentação de músicas típicas regionais com flautas do grupo musical, compostas de crianças e adolescentes de Baturité.

O evento iniciou oficialmente às 14:00 horas, com a fala do senhor Raimundo Eudes de Souza Bandeira – diretor geral do IFCE campus de Baturité, no qual fez menção a importância da pesquisa e descoberta de temas relacionados da região do maciço, bem como, ressaltou que essa obra é a primeira realizada por campus do IFCE que mostra temas locais.   

Após isso, foi composta a mesa redonda pelas ilustríssimas organizadoras do livro com o propósito de revelar suas experiências e desafios que as motivaram na realização desta obra.

A professora Anna Érika enfatizou as dificuldades iniciais enfrentadas, para a realização da obra, e que não foram poucas, mas com vontade e dedicação, as inspirações e a busca dos conhecimentos da comunidade do maciço. A professora Márcia Leal destacou a relação do saber popular e o saber científico dos sabores da alimentação. Já a professora Glaucilene Maia falou da necessidade do registro dos fatos, e do valor da interação de conhecimentos dos docentes mais experientes com os jovens professores.

Dada às falas iniciais, foi aberto aos presentes para as perguntas e observações. Na ocasião, foi perguntado sobre o que as motivaram para a essa realização? Quais as “faíscas” que incendiaram suas fogueiras motivacionais?

O desafio maior, respondeu a professora Anna Érica, a materialização da obra pela editora. Foi relatada também como desejos motivacionais, a busca das descobertas dos novos sabores inseridos na culinária do maciço, por exemplo, aceitabilidade e o registro do baião de dois com favas.

O professor Roberto ressaltou a imprescindibilidade da obra como meio de registro da cultura, afirmando que é uma fonte de pesquisa e conhecimento dos costumes regionais. E a importância de se fazer notado não tanto o Brasil, mais principalmente entre os baturiteenses.

Por fim, a professora doutora Ana Cristina abordou as pretensões e pelejas futuras do tripé: ensino, pesquisa e extensão do IFCE campus de Baturité.

Como coroamento do evento foi oferecido um coquetel pelos alunos de gastronomia S III na sala bar com cardápios de comidas típicas inspiradas do livro: baião de dois com fava, doce de mamão, tapioca e outras comidas.
Vale afirmar que o evento teve a participação direta no quesito de planejamento e execução em todas suas etapas pelos alunos de gastronomia S III como exigência das disciplinas: Planejamento e organização de eventos gastronômicos sob orientação da professora titular da disciplina Patrícia Sobreira Holanda Costa e Planejamento de cardápios sob a tutela da professora da disciplina Mirelle da Silveira Vasconcelos.