Você está aqui: Página Inicial > Baturité > Notícias > Gastronomia de Baturité promove atividades alusivas ao Dia Nacional do Café
conteúdo

Notícias

Gastronomia de Baturité promove atividades alusivas ao Dia Nacional do Café

Atividades acontecem durante o dia 31 de maio
publicado: 28/05/2019 10h17, última modificação: 28/05/2019 10h46

Os alunos do curso de Tecnologia em Gastronomia do Campus Baturité irão promover, no dia 31 de maio, atividades relacionadas ao Dia Nacional do Café. Ao longo do dia, serão realizadas, no auditório da unidade, palestras, mesas-redondas e minicursos sobre a história do café, do turismo e da gastronomia da região. Entre os palestrantes estão os docentes Roberto Araújo, (IFCE), o professor Levi Jucá Sales (Uece) e o produtor de café da região, senhor Uchôa, além de ex-alunos formados pelo Instituto Federal do Ceará.

A programação segue à tarde com concurso gastronômico para a escolha da melhor receita que utiliza café como principal ingrediente. O curso é destinado a alunos do curso de Gastronomia. 

À noite, o evento se estende à praça matriz de Baturité, com amostras culturais e apresentação do stand do Instituto Federal do Ceará com informativos acerca dos produtores de café da região. 

A ação é coordenada pelos docentes do curso de Gastronomia do Campus Baturité, Mirele Vasconcelos, Laís Rodrigues,  Anne Kamilly, Marília Beserra. Segundo as docentes do curso, " o objetivo da ação é divulgar a importância histórica e cultural do café para a região do Maciço do Baturité, fortalecendo a cultura local", afirmam. 

Faça sua inscrição do evento no link.

 

DIA NACIONAL DO CAFÉ

No dia 24 de maio, comemora-se o Dia Nacional do Café, instituído pela ABIC – Associação Brasileira da Indústria de Café. Esta data simboliza o início da colheita em grande parte das regiões cafeeiras do Brasil. No Maciço do Baturité, o café tem grande importância histórica e cultural. A produção cafeeira nessa região já foi destaque mundial, com muita exportação para a Europa. Porém, o tempo e o desgaste do solo acarretaram em quedas na produção. Neste cenário, iniciativas gastronômicas, culturais e turísticas, a exemplo da Rota Verde do Café, realizada pelo Sebrae, resgatam a importância do café para a região, valorizando os produtores locais e a economia.

Inácio Oliveira - Campus Baturité