Você está aqui: Página Inicial > Aracati > Projetos de Extensão > Reabilitação de Dependentes Químicos
conteúdo

Reabilitação de Dependentes Químicos

publicado 24/06/2016 10h51, última modificação 31/07/2019 09h59

Projeto Casa de Reabilitação

TÍTULO

Reabilitação de dependentes químicos no município de Aracati, CE, utilizando piscicultura e horticultura

DESCRIÇÃO

No Brasil, a liderança da produção da aquicultura no ano de 2008 foi das tilápias (33,08%), seguida do camarão marinho (22,40%), da carpa (12,61%), do tambaqui (10,54%), do pacu (4,27%), dos mexilhões (4,14%) e do tambacu (3,10%), sendo o restante (9,85%) representado por outros organismos cultivados. Em termos de crescimento dos cultivos, os destaques ficaram por conta do tambaqui (46,88%), da tilápia (48,02%), dos mexilhões (39,41%), do tambacu (39,41%) e outros organismos (71,11%), apresentando um crescimento aquícola nacional de 6,19% no período de 2006 a 2008 (FAO, 2010).
A tilápia do Nilo, Oreochromis niloticus (L.) é uma das espécies mais importantes dentro do grupo das tilápias devido ao seu rápido crescimento, sobrevivência, cultivo em altas densidades e resistência às doenças, fazendo com que seja uma boa escolha para a cultura em diferentes estratégias de produção (EL-SAYED, 2006).
Devido a essas qualidades, as tilápias podem ser cultivadas para diversos fins, o que inclui a otimização do tratamento de dependentes químicos em casas de recuperação, gerando ocupação, trabalho, renda, benefícios sociais e ambientais, além de produzir um alimento de excelente qualidade nutricional.

OBJETIVO

Doação de alevinos e acompanhamento do cultivo de tilápias na Casa de Reabilitação Resgate de Vidas, instituição que abriga e reabilita dependentes químicos no município de Aracati, CE.

EQUIPE

- Servidores:
Glácio Souza Araújo (Coordenador)
- Estudantes:
Deivisson Queiroz Correia
Eliara Viana de Lima
Francisco Emerson Gomes do Nascimento
Gabriel Rodrigues de Freitas
Jonatha Barbosa Lima