Você está aqui: Página Inicial > Canindé > Notícias > Evento debate formação docente no IFCE
conteúdo

Notícias

Evento debate formação docente no IFCE

19 e 20 de outubro

IV Encontro Pibid reuniu 360 participantes de 14 campi
última modificação: 24/10/2017 12h08
Exibir carrossel de imagens Fotos: Eugênio Pacelli Santos e Rodrigo Brasil IV Encontro Pibid reuniu 360 participantes de 14 campi

IV Encontro Pibid reuniu 360 participantes de 14 campi

“O Pibid reúne as características fundamentais do professor: ser resistente, ser resiliente e defender aquilo que acredita”, afirmou a professora Nórlia Nabuco. A fala segura refletia a certeza de quem acredita no que diz e os aplausos dos 360 participantes do IV Encontro Pibid/IFCE confirmaram o sentimento.

A quarta edição do Encontro do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) do Instituto Federal do Ceará foi realizada em 19 e 20 de outubro no campus de Canindé, após um hiato de três anos. O fórum congregou 14 campi da instituição para discutir o tema “Pibid e seu papel para o fortalecimento da política de formação docente no IFCE”.

“A docência uniu os nossos caminhos e nos trouxe aqui para mostrar a força do Pibid”, disse a professora Nórlia Nabuco, coordenadora institucional do Pibid/Capes no IFCE, na abertura do evento. Para ela, o programa renovou a formação docente, trazendo novas possibilidades didáticas às práticas de sala de aula, entusiasmando não somente os bolsistas, mas os alunos atendidos por eles nas escolas parceiras.

“Os bolsistas passam a ter uma nova visão sobre educação. Há um lado negativo do ‘ser professor’, com salas lotadas e problemas, mas o Pibid mostra essa outra cara da docência, que é você poder fazer e acontecer, fazer materiais didáticos, jogos, experimentos”, defende a coordenadora.  

No desenvolvimento da sua ação acadêmica, o Instituto Federal do Ceará assume o compromisso com a formação de professores, garantindo, a cada exercício, um mínimo de 20% de suas vagas para cursos de licenciatura e/ou programas especiais de formação pedagógica. Para o pró-reitor de Ensino do IFCE, professor Reuber Saraiva, convidado para a abertura do Encontro, o Pibid é uma contribuição de peso para a efetivação desse pacto.  “O Pibid é um programa muito importante que vem a fortalecer as licenciaturas, diminuindo cada vez mais o índice de evasão e retenção, ou seja, melhorando a permanência e o êxito dos nossos estudantes”, aponta.

Ismael Dias, aluno da Licenciatura em Física do campus de Sobral, é bolsista do Pibid há um ano e sete meses, ou seja, desde o início da graduação. O estudante desenvolve um projeto para o ensino da Física através de experimentos de baixo custo e defende a importância do programa em sua formação docente. “Quando a gente entra em uma licenciatura, a gente não tem uma perspectiva muito longa sobre como vai ser o desenrolar de ser um professor. Então o Pibid é de uma ajuda muito grande porque a gente aprende metodologias e recebe incentivo, não somente financeiro, mas para ser um ótimo professor”.

Programação

A programação do Encontro foi pensada coletivamente para contemplar as diversas realidades dos grupos de Pibid. No primeiro dia, os participantes assistiram à homenagem in memoriam à professora Raimunda Olímpia de Aguiar Gomes, às esquetes “Aguenta a Dor que Eles Estão Voltando”, “Macumba” e “Uma Dança para o Menino Ícaro”, e às apresentações culturais de dança do grupo Xique-Xique e do Show da Física do campus Acaraú.

A quinta-feira também trouxe o início do debate através do círculo dialógico “Retrospectiva e Perspectiva do Pibid/IFCE como Política de Formação Docente”, com os professores  palestrantes Márcio André de Melo Gomes, Eugênio Pacelli Nunes Brasil de Matos, Gerardo Silveira Viana Júnior e Gilberto Andrade Machado.

Já na sexta-feira, a programação priorizou a troca de experiências, com momentos de exposição e feira para apresentação de materiais didáticos dos subprojetos. Também houve espaço para a cultura, na forma dass performances “Negror:  Há Quanto Tempo me é Neg(R)Ado!” e “Palavras não Ditas, Resistências Esquecidas”.

Pibid em números

550 bolsistas

21 subprojetos

14 campi

8 áreas do conhecimento