Você está aqui: Página Inicial > Fortaleza > Notícias > Alunos do IFCE premiados na OBFEP
conteúdo

Notícias

Alunos do IFCE premiados na OBFEP

Ao todo seis estudantes conquistarem medalhas na olimpíada
publicado: 03/06/2014 00h00, última modificação: 05/01/2016 11h49
Na imagem, os três estudantes do campus de Fortaleza que conquistaram medalha de bronze na OBFEP. (Foto: Luciana Pontes).

Na imagem, os três estudantes do campus de Fortaleza que conquistaram medalha de bronze na OBFEP. (Foto: Luciana Pontes).

Em solenidade de premiação ocorrida na última sexta-feira (30/05), na Seara da Ciência da UFC – campus do Pici, os estudantes do campus de Fortaleza Martonio Lopes, Davi Araújo e Matheus de Paula receberam medalhas de bronze conquistadas na edição de 2013 da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP).

Além desses alunos, também conquistaram respectivamente medalhas de ouro de prata, os estudantes Geune Vieira (campus de Iguatu), Antônio Pontes e Luís Fernando de Sousa (campus de Fortaleza). A OBFEP se dá em duas fases: na primeira, as provas objetiva e teórica são aplicadas nas escolas, na segunda, realizada nas Coordenadorias Estaduais do evento, o aluno desenvolve questões subjetivas, teóricas e experimentais.

Para o professor do campus de Fortaleza, Denys Sales, grande incentivador da OBFEP no estado, a participação do IFCE nas Olimpíadas de Física nos últimos anos tem sido de muito destaque. "A gente tem esse programa como forma de motivar os nossos alunos a buscar aprofundamento na Física, além de mantê-los com o interesse voltado para o estudo das ciências como um todo". O professor diz ainda que, para compreender o mundo contemporâneo, a ampliação dos conhecimentos é imprescindível. "Afinal de contas, aprender ciências é estar antenado com as novas tecnologias, com a produção moderna", conclui.

Para o estudante Davi Araújo, ter conquistado a medalha na OBFEP foi muito importante para a sua vida acadêmica. " Essas olimpíadas são importantes para exercitar a inteligência do aluno e ganhar esse reconhecimento é uma sensação muito boa que nos impulsiona a crescer sempre mais". Já Matheus de Paula frisou a importância da competição para a intensificação dos estudos. "Toda olimpíada científica é importante para o avanço do conhecimento estudantil. Estou muito contente com o resultado".

A solenidade

Após a composição da mesa e execução do Hino Nacional, a cerimônia incluiu uma palestra de David Vianna, da Comissão e Coordenação Nacional da OBFEP. Com um breve histórico sobre as Olimpíadas de Física no mundo e a importância de se fazer ciência no Brasil, Vianna ressaltou alguns objetivos da iniciativa, tais como a promoção da inclusão social por meio da difusão da ciência, a ampliação da integração educação/comunidade e o desenvolvimento de práticas educativas que envolvam o maior número possível de estudantes.

Todos os participantes premiados pela Olimpíada de Física são destaques nas esferas estadual e federal. Além de receber medalhas, eles também recebem certificados. Para concluir, David Vianna conta uma curiosidade dessa última edição. "Cerca de 10% dos alunos que participaram da OBFEP 2013 são cearenses. Dos 76 cearenses premiados, 50 são da rede federal de ensino". É a educação cearense tornando-se, cada vez mais, um referencial no Brasil.