Você está aqui: Página Inicial > Tauá > Notícias > IFCE passa para fase nacional de Prêmio Sebrae
conteúdo

Notícias

IFCE passa para fase nacional de Prêmio Sebrae

EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Projeto de Tauá e Boa Viagem ficou em primeiro lugar na fase regional
última modificação: 12/08/2019 19h41

O projeto "Integrando Saberes no Sertão Central e Inhamuns", realizado pelos campi de Tauá e Boa Viagem do Instituto Federal do Ceará (IFCE), foi selecionado em primeiro lugar na categoria Ensino Profissional da etapa regional do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora.

O IFCE é uma das 21 instituições classificadas do Nordeste e será a única representante do Ceará na etapa nacional do concurso. De acordo com o regulamento, nessa etapa a Comissão Julgadora deve escolher até 12 vencedores nas quatro categorias (Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Profissional e Ensino Superior) para serem premiados com troféus de bronze, prata ou ouro. Além disso, os vencedores receberão a oportunidade de apresentar seu projeto em evento de visibilidade e de participar em Missão Técnica Nacional a ser definida. O resultado deve ser divulgado em outubro deste ano.

Integrando Saberes no Sertão Central e Inhamuns

O projeto "Integrando Saberes no Sertão Central e Inhamuns" foi realizado em julho de 2018, no campus de Boa Viagem, com a proposta de promover um ensino integral, participativo e empreendedor, capaz de colocar os estudantes de Tauá e Boa Viagem como protagonistas de uma transformação das realidades local e regional.

Com a orientação dos professores, alunos de diferentes níveis e áreas criaram ideias e protótipos que serviriam como soluções tecnológicas para problemas relacionados aos temas: Convivência com o Semiárido; Linguagem e Humanidades; e Ciência, Tecnologia e Sociedade. Foram apresentadas propostas como uma estufa inteligente com energia renovável, um sistema de plantio automatizado com reúso de água da chuva e um projeto de expedições pelo mundo da história e da literatura cearense. As dez ideias mais inovadoras foram premiadas com bolsas para que pudessem ser desenvolvidas nos campi de origem.

O objetivo é que o Fórum Integrador ocorra anualmente, de forma alternada entre os dois campi, contribuindo com a transformação de vidas por meio do protagonismo empreendedor dos jovens nos sertões do Ceará.