Você está aqui: Página Inicial > Tauá > Notícias > Encontro Pedagógico debate formas de combater evasão escolar
conteúdo

Notícias

Encontro Pedagógico debate formas de combater evasão escolar

CAMPUS DE TAUÁ

Palestra sobre aprendizagem cooperativa foi ponto alto do evento
última modificação: 02/02/2017 12h47
Exibir carrossel de imagens Professor Elton Luz e sua equipe palestram sobre aprendizagem cooperativa

Professor Elton Luz e sua equipe palestram sobre aprendizagem cooperativa

O campus de Tauá promoveu, nos últimos dias 30 e 31, o seu IX Encontro Pedagógico, com o tema "Evasão e Retenção escolar: conceitos, fatores e estratégias de intervenção". Mais uma vez, docentes e técnicos administrativos reuniram-se para planejar o semestre e dialogar sobre questões que envolvem a própria evasão escolar e outros desafios do processo de ensino-aprendizagem.

O primeiro dia do evento teve início à tarde, no auditório do campus, com uma fala do diretor-geral, José Alves Neto. Ele ressaltou as conquistas de 2016 e os desafios que virão em 2017, ano em que o campus de Tauá conta com novos cursos: o curso técnico integrado em Redes de Computadores e o curso superior de Letras. "A gente sempre se depara com algo que a gente não sabe fazer, mas a gente não deixa de fazer", afirma convicto.

Em seguida, representantes de diversos setores do campus, como a Assistência Estudantil, o Departamento de Ensino, a Biblioteca e a Coordenadoria de Controle Acadêmico apresentaram ações e planos desenvolvidos por eles no combate à evasão estudantil. Fechando a programação do dia, foi feita uma apresentação do calendário letivo deste semestre.

Aprendizagem cooperativa: um caminho de combate à evasão
Já no segundo dia do encontro, o destaque foi a palestra do professor Elton Luz, da Rede Estadual de Educação, sobre sua bem-sucedida experiência com a metodologia da aprendizagem cooperativa na Escola Profissional Alan Pinho Tabosa, no município de Pentecoste. Para evitar a evasão dos alunos e estimular sua permanência, o professor enfatizou a importância da construção de relacionamentos, do sentimento de pertencimento à escola e do clima emocional na sala de aula. Mas Elton aponta que, antes de usar as estratégias próprias da metodologia participativa, é essencial mudar a mentalidade das pessoas: "Ter estratégia é fácil, mas a questão é visualizar a importância, se dispor a conhecer e testar. Em algumas situações, a gente precisa enxergar fora do quadrado para seguir."

Para a pedagoga do campus, Valdicelsia Leal, a palestra foi inspiradora. "Ele mostrou resultados muito bons e nós precisamos de algo semelhante. Nós temos uma realidade diferente, mas muitas experiências que ele trouxe poderão ser aproveitadas. Mexeu com a gente, nos fez refletir e, com certeza, vai fazer com que redirecionemos nossas ações."

Após a palestra, Kamila Karen, da Pró-reitoria de Ensino do IFCE, esteve presente para fazer esclarecimentos e tirar dúvidas sobre o sistema Q-Acadêmico, assim como Daniel Castro e Pedro Hiago, da Pró-reitoria de Extensão, que falaram sobre diversos programas, eventos e ações de extensão, com o objetivo de estimular a prática no campus. Em seguida, o professor David Aurélio fez uma apresentação detalhada sobre aspectos acerca da carga horária docente.

Avaliar para melhorar
O IX Encontro Pedagógico do campus de Tauá foi finalizado com uma avaliação dos participantes sobre o evento, com observações do que foi mais enriquecedor para suas atuações no campus e sugestões de melhorias para o próximo evento. Para a professora do curso de Tecnologia em Telemática, Ranara Damasceno, faz-se necessário que, no evento seguinte, o corpo docente ocupe um lugar de maior protagonização. "É importante que o professor tenha o espaço, até para que ele se sinta de certa forma cobrado, para mostrar aquilo que está produzindo na instituição e falar principalmente das coisas que deram certo, inclusive para inspirar quem participa.", pontua.

A pedagoga Prucina Bezerra, uma das organizadoras do evento juntamente à equipe do Coordenadoria Técnico-Pedagógica, mostrou satisfação em relação ao caráter produtivo deste Encontro Pedagógico e indica a intenção de continuar as ações de planejamento durante todo o semestre: "Houve uma participação muito grande dos servidores, então pudemos discutir melhor o semestre que se passou e planejar melhor o que se inicia. Claro que sempre falta tempo para refletir melhor sobre nossos desafios, mas essa é uma necessidade constante. Então, no decorrer do semestre, faremos outras reuniões para que esse planejamento seja contínuo."

Por: Larissa Lima (Tauá)