Você está aqui: Página Inicial > Tauá > Notícias > Concerto de flauta e violão inaugura projeto InstrumenTauá
conteúdo

Notícias

Concerto de flauta e violão inaugura projeto InstrumenTauá

MÚSICA INSTRUMENTAL

Apresentação terá professor do IFCE de Crateús como convidado
última modificação: 07/11/2017 19h50

Violão e flauta estarão juntos, na próxima sexta-feira (10), em um concerto apresentado pelos professores e músicos Renato Mendes, do IFCE de Tauá, e César Diniz, do IFCE de Crateús. A partir das 18h30, no auditório do campus de Tauá, o público poderá conferir um repertório variado, com música popular brasileira, choro, tango argentino e música barroca, em perfomances separadas e conjuntas dos dois músicos. A entrada é gratuita.

O evento vai inaugurar o projeto InstrumenTauá. "É um espaço de apresentação musical em que podem acontecer concertos e shows com músicos de outros lugares ou com alunos dos cursos de música, que podem aproveitar esse espaço também", explica o violonista Renato Mendes. De acordo com ele, a ideia é que o projeto se torne fixo a partir de 2018.

Renato e César são conterrâneos de Minas Gerais e já se conheciam, porém nunca haviam tocado juntos. A oportunidade veio quando se mudaram para o Ceará, como conta Renato: "Quando surgiu o curso de Aperfeiçoamento Musical (curso de extensão do campus de Tauá), eu comentei com ele e sugeri que ele viesse ministrar uma oficina, e então ele sugeriu que nós tocássemos juntos. Como eu já estava com a ideia de fazer essa série periódica de apresentações, pensei que seria uma boa oportunidade para inaugurar o projeto."

Oficina de sopros
Na manhã do dia 11 de novembro, a partir das 8h, o flautista César Diniz irá realizar uma oficina de instrumentos de sopro voltada aos alunos do curso de extensão Formação e Aperfeiçoamento Musical. Na oficina, o professor abordará aspectos teóricos e práticos dos instrumentos e irá compartilhar sua experiência na criação do curso de Licenciatura em Música no IFCE de Crateús. Demais interessados também poderão participar como ouvintes. A oficina ocorre no auditório do campus.

Por: Larissa Lima (Tauá)

registrado em: ,