Você está aqui: Página Inicial > Tauá > Notícias > Alunos de agronegócio realizam visitas técnicas
conteúdo

Notícias

Alunos de agronegócio realizam visitas técnicas

Atividade alinha teoria vista em aula à prática no campo
última modificação: 09/12/2015 12h26
Cristiane Florêncio Visita fazenda Sem Fronteira, produtora de maça em parceria com a Embrapa Tropical, em Tianguá

Visita fazenda Sem Fronteira, produtora de maça em parceria com a Embrapa Tropical, em Tianguá

Há duas semanas, os alunos do curso técnico em Agronegócio do campus de Tauá estão realizando visitas técnicas a fazendas e agroindústrias do Ceará. Nos dias 06 e 07 de abril, a visita foi a fazendas e agroindústria em Russas. Na semana passada, foi a vez da fazenda Amway Nutrilite do Brasil, agroindústria multinacional localizada em Ubajara e maior fazenda de cultivo e processamento de acerola orgânica do mundo, e a fazenda Sem Fronteiras, que desenvolve projetos voltados ao cultivo da maça em parceria com a Embrapa Tropical (Petrolina), em Tianguá.

A professora Ana Lúcia Feitosa esclareceu que as visitas técnicas aos empreendimentos têm como objetivo conhecer as práticas de gestão de agronegócio, tais como qualidade e logística, segurança e higiene do trabalho, gestão de pessoas, marketing, ecologia dentre outras.

A professora Cristiane Florêncio explicou que as visitas técnicas são atividades de extensão que visam o encontro do acadêmico com a prática de grandes agronegócios regionais, tais como as empresas visitadas. “Com as visitas técnicas podemos mostrar aos alunos que há grandes oportunidades de carreira aos bons profissionais e motivá-los a alcançar as competências necessárias para um futuro promissor, inclusive com experiência dos técnicos das empresas visitadas, que se formaram no IFCE.”, ressaltou.

Um exemplo foi o supervisor de operações da fazenda Nutrilite, Cícero Diniz, técnico em Agropecuária formado pelo campus de Iguatu do IFCE. Cícero comentou que, para ser um profissional de sucesso, é necessário agregar à formação o desejo de continuar aprendendo e querer sempre fazer o melhor.

O supervisor relatou com orgulho que vivia no interior de Jucás e que, apesar das dificuldades, aprendeu que as oportunidades estão em todos os lugares. “As oportunidades existem em todos os lugares, no meu caso a 450km, que é a distância entre Jucás e Ubajara. Graças ao meu desejo constante de aprender, hoje estou ocupando uma posição de destaque em uma multinacional e posso ajudar outros colegas e seguirem o mesmo caminho de sucesso.”, acrescentou.

Diogenilson Aquino – campus de Tauá

registrado em: ,
Assunto(s): Educação