Você está aqui: Página Inicial > Sobral > Perguntas frequentes > Perguntas frequentes - Processo seletivo Cursos Técnicos
conteúdo

Perguntas frequentes - Processo seletivo Cursos Técnicos

publicado 10/07/2015 10h49, última modificação 11/09/2019 16h34

1 - Quais os cursos técnicos ofertados pelo IFCE Sobral?
São oito cursos: Agroindústria, Agropecuária, Eletrotécnica, Fruticultura, Mecânica, Meio Ambiente, Panificação e Segurança do Trabalho.

2 - Quais os horários e dias dos cursos?
Todos os cursos técnicos são à noite (de 18h30 às 22 horas), com exceção de Segurança do Trabalho e Agropecuária, que são no período da tarde (de 13h15 às 17h30). Todos os cursos têm aulas de segunda a sexta-feira. 

3 - Os cursos são pagos?
Os cursos ofertados pelo IFCE são gratuitos, pois se trata de uma instituição federal pública de ensino. Não há cobrança de mensalidades. O candidato paga apenas a taxa de inscrição no processo seletivo (R$ 50), caso não tenha direito a isenção. 

4 - Qual o tempo de duração do curso?
Em dois anos você conclui o curso e está pronto para o mundo do trabalho.

5 - Onde posso conseguir mais informações sobre os cursos?
No nosso site, tem todas as informações básicas. É só acessar http://ifce.edu.br/sobral/campus-sobral/cursos/tecnicos/subsequentes.

6 - Qual o período de inscrições para os cursos técnicos?
O processo seletivo ocorre semestralmente. O do semestre 2020.1 será entre os dias 7 e 18 de outubro. 

7 - O que é necessário para se inscrever nos cursos técnicos de Sobral?
Para concorrer a uma das vagas, é preciso que o candidato tenha documento de identidade e CPF para informar na hora de preencher o formulário na internet (http://qselecao.ifce.edu.br). Também é exigido que tenha concluído o Ensino Médio. A lista com as inscrições aceitas será divulgada no dia 25 de outubro, em http://qselecao.ifce.edu.br. Caso algum candidato tenha feito todos os procedimentos de inscrição e seu nome não conste nessa relação com as inscrições deferidas, poderá pleitear a regularização de sua situação, nos dias 28 e 29 de outubro de 2019, exclusivamente via internet, de acordo com o seguinte passo a passo:
a) acessar o endereço eletrônico https://esolis.ifce.edu.br/;
b) clicar no processo seletivo para o qual se inscreveu. Caso seja o primeiro acesso, clicar em "Primeiro acesso? Cadastre-se aqui" e realizar o cadastro. Se já tiver cadastro, acessar com login (Protocolo de Inscrição) e senha (CPF sem pontos e sem traço);
c) clicar em “Regularização de Inscrições Indeferidas”;
d) conferir os dados, justificar a solicitação e anexar o comprovante de pagamento da taxa de inscrição ou de deferimento do pedido de isenção.
e) clicar em “Enviar solicitação”.

8 - E se eu estiver no terceiro ano do ensino médio?
No dia da matrícula, o candidato precisa comprovar que concluiu o ensino médio. Ou seja, precisa do certificado. A matrícula será em março de 2020, então a pessoa precisa estar com o certificado nessa data. 

9 - Qual o valor da taxa de inscrição?
A taxa é de R$ 50. Após o preenchimento do formulário de inscrição, é gerado um boleto bancário. O pagamento deve ser feito, impreterivelmente, até o fim do expediente bancário do dia 21 de outubro.

10 - Posso pedir isenção da taxa?
Sim, se atender a um dos três critérios: ter cursado integralmente o Ensino Médio em escolas da rede pública ou como bolsista integral da rede privada e ter renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio; ser inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal; ou ser declarado baixa renda. 

11 - Doador de sangue tem direito a isenção da taxa?
Não, são somente os critérios acima citados. 

12 - Como e onde solicitar a isenção da taxa de inscrição?
O pedido de isenção deverá ser feito exclusivamente via internet, de 7 a 9 de outubro de 2019, de acordo com o seguinte passo a passo:
a) realizar inscrição no endereço eletrônico http://qselecao.ifce.edu.br. Assim, será gerado um número de protocolo que será utilizado para a solicitação de isenção;
b) acessar o endereço eletrônico https://esolis.ifce.edu.br/;
c) clicar no processo seletivo para o qual se inscreveu. Caso seja o primeiro acesso, clicar em "Primeiro acesso? Cadastre-se aqui" e realizar o cadastro. Se já tiver cadastro, acessar com login (Protocolo de Inscrição) e senha (CPF sem pontos e sem traço);
d) clicar em “Requerimento de isenção”;
e) conferir os dados apresentados, selecionar a categoria de isenção correspondente, inserir a documentação exigida e declarar ciência das informações apresentadas;
f) clicar em “Enviar solicitação”.
Só será permitida uma única solicitação de isenção por número de CPF. Após o envio das informações e dos documentos, não será possível alterá-los. O IFCE não se responsabiliza por solicitação de isenção não recebida via internet por motivos de ordem técnica, falhas de comunicação ou congestionamento das linhas de comunicação. A relação dos contemplados com a isenção será divulgada no dia 16 de outubro, no endereço eletrônico http://qselecao.ifce.edu.br. Há possibilidade de recurso, também via https://esolis.ifce.edu.br/. Caso o pedido seja indeferido, será preciso pagar a taxa para que a inscrição seja efetuada com sucesso.

13 - Qual a documentação necessária para o pedido de isenção?
- Candidatos oriundos de escolas da rede pública: fotocópia da Carteira de Identidade do candidato; fotocópia do Histórico Escolar do Ensino Médio; declaração de que é membro de família com renda mensal per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio (há três possibilidades de comprovação, ver edital).
- Candidatos inscritos no cadastro único para programas sociais do Governo Federal: fotocópia da Carteira de Identidade do candidato; declaração válida de que está inscrito no programa.
- Candidatos declarados baixa renda: fotocópia da Carteira de Identidade do candidato; declaração válida com o Número de Identificação Social (NIS) ou apresentar cópia das três últimas contas de energia, com valor médio igual ou inferior a R$ 50 (cinquenta reais) em nome do favorecido, cônjuge, pais ou responsáveis legais.

14 - Como é a seleção? Há prova?
Sim, há prova, que será realizada no dia 24 de novembro. O candidato faz a Redação e a prova de Conhecimentos Gerais com 45 questões do tipo "múltipla escolha", nas seguintes áreas de conhecimento: Códigos e Linguagens e suas Tecnologias (Língua Portuguesa e Literatura Brasileira); Ciências Humanas e suas Tecnologias (Geografia e História); Ciências da Natureza e Matemática e suas Tecnologias (Biologia, Física, Matemática e Química). O conteúdo a ser estudado está disponível no edital. Lembrando que, para realizar a prova, o candidato deverá estar munido, obrigatoriamente, do documento oficial de identidade original. O cartão de identificação com o local da prova estará disponível para impressão no dia 20 de novembro, em http://qselecao.ifce.edu.br.

15 - Provas anteriores estão no site?
Não há um espaço específico no site que reúne todas as provas anteriores. Mas você pode encontrá-las acessando http://qselecao.ifce.edu.br/ e procurando, na parte CONCURSOS ENCERRADOS, os processos seletivos anteriores (em cada um deles tem a prova para baixar na parte DOWNLOADS).

16 - Quando será a matrícula?
A pré-matrícula dos candidatos classificados será nos dias 23 e 24 de março de 2020, de 8h às 12 horas e de 14h às 17 horas. Para efetuar a pré-matrícula, é preciso: imprimir a ficha de pré-matrícula que estará disponível no endereço eletrônico http://qselecao.ifce.edu.br; preencher todos os itens da ficha de pré-matrícula e nela colar uma foto 3 x 4, recente e de frente, no espaço reservado para tal fim; e dirigir-se ao campus, com toda documentação especificada no edital (http://qselecao.ifce.edu.br).

17. Quais os documentos necessários para a matrícula?
- Para todos os candidatos aprovados: ficha de pré-matrícula, totalmente preenchida e sem rasuras; fotocópia, acompanhada do original, dos seguintes documentos: Certidão de Nascimento, Carteira de Identidade, CPF, Histórico Escolar e Certificado de conclusão do Ensino Médio (para o Ensino Técnico Subsequente, além de Histórico do Ensino Fundamental para alunos cotistas), Título de Eleitor com comprovante de votação da última eleição, se maior de 18 anos, Certificado de Quitação com o Serviço Militar, se do sexo masculino e comprovante de endereço; 2 fotos 3 x 4 recentes (não serão aceitas fotos reproduzidas com o uso de "Scanner" nem fotocópia colorida).
- Para os candidatos optantes pelo Sistema de Cotas, com renda familiar inferior ou igual a 1,5 salário-mínimo, deverão apresentar também: formulário de informação de renda (Anexo II), devidamente preenchido, acompanhado de documentação comprobatória.

18 - Há cotas?
Em todos os cursos, 50% das vagas são destinadas a estudantes que cursaram TODO o Ensino Médio em escolas públicas ou que sejam autodeclarados pretos, pardos ou indígenas.

19 - Como funcionam as cotas?
É preciso muito cuidado na hora de se inscrever como cotista porque, no ato da matrícula, será preciso comprovar a sua situação (comprovante de que estudou TODO o ensino médio em escola pública, comprovante de renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, dependo do seu caso, claro). Então, o critério inicial é que a pessoa tenha concluído o ensino médio TODO em escola pública (ou seja, não entram como cotistas bolsistas de escolas particulares ou quem, em algum momento, cursou parte do ensino médio em escolas particulares ou de natureza não pública). Atendendo a esse critério, você vai selecionar a opção correspondente a uma dessas duas cotas: candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita OU independente de renda. Caso seja a primeira opção, será preciso comprovar no ato da matrícula. Em seguida, há numa nova subdivisão, em que você precisará indicar se É ou NÃO autodeclarado preto, pardo e indígena (PPI) e pessoa com deficiência. Isso porque o percentual de cota varia de acordo com cada situação (ver tabela no edital). Caso seja constatado desacordo com o perfil da cota para o qual se inscreveram, os candidatos serão eliminados do certame e terão sua solicitação de matrícula automaticamente indeferida.

20 - Posso me inscrever em dois cursos técnicos?
Somente em um.

21 - Já sou aluno(a) do IFCE. Posso me inscrever no curso técnico?
Se você for aluno de um curso superior, pode sim. Se for de curso técnico não pode porque não se pode fazer dois cursos técnicos ao mesmo tempo.

22 - As aulas são de segunda a sexta-feira?
Sim, tem aulas de segunda a sexta.

23 - Vou concorrer a reserva de vagas para pessoas com deficiência (PcD). Como fazer a comprovação?
Os candidatos optantes por reserva de vagas para pessoas com deficiência (PcD) deverão também enviar laudo médico digitalizado indicando o tipo, grau ou nível de deficiência, com referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID). A deficiência mencionada deverá estar abrigada nos termos do Decreto Federal nº 3298/99, constantes do item 5, deste Edital. O envio do laudo digitalizado deverá ser feito durante o período de inscrição exclusivamente via internet, de acordo com o seguinte passo a passo:
a) acessar o endereço eletrônico https://esolis.ifce.edu.br/;
b) clicar no processo seletivo para o qual se inscreveu. Caso seja o primeiro acesso, clicar em "Primeiro acesso? Cadastre-se aqui" e realizar o cadastro. Se já tiver cadastro, acessar com login (Protocolo de Inscrição) e senha (CPF sem pontos e sem traço);
c) clicar em “Solicitação para concorrer às vagas reservadas a pessoas com deficiência”;
d) conferir os dados e anexar a documentação solicitada;
e) clicar em “Enviar solicitação”

24 - Quando iniciam as aulas?
No dia 27 de maio de 2020.