Você está aqui: Página Inicial > Noticias > Notícias de destaques > Estudante do campus Fortaleza é nota 1000 na redação do ENEM
conteúdo

Notícias

Estudante do campus Fortaleza é nota 1000 na redação do ENEM

ORGULHO

Ivan Carlos estuda Engenharia Civil no IFCE e também fechou a prova de matemática
última modificação: 06/04/2021 13h02
Ivan Carlos tem, na leitura, um hábito que o ajuda no crescimento intelectual (arquivo pessoal)

Ivan Carlos tem, na leitura, um hábito que o ajuda no crescimento intelectual (arquivo pessoal)

Imagine tirar nota máxima na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e, de quebra, acertar todas as questões de matemática no exame. Esse feito foi alcançado por um aluno de graduação do Instituto Federal do Ceará (IFCE): Ivan Carlos Silva Melo, que cursa Engenharia Civil no campus de Fortaleza.

Ivan Carlos foi um dos 28 brasileiros (o único do estado do Ceará) a tirar 1000 na redação de 2020 do exame, que teve como tema 'O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira. "Assim que vi o tema, percebi que eu saberia desenvolver bem. Além disso, busquei, na minha memória, possíveis livros lidos anteriormente que versassem sobre tal tema, tanto que usei “Quincas Borba”, de Machado de Assis, como um dos repertórios socioculturais", disse o estudante - que também utilizou em seu texto uma uma notícia vista dias antes, sobre o psiquiatra Juliano Moreira, que introduziu o tratamento humanizado aos pacientes psiquiátricos no início do século XX.

"Eu não estudava especificamente para o ENEM em 2020, pois tenho algumas atividades para desenvolver, inclusive o curso de Engenharia Civil. Entretanto, procuro manter-me atualizado sobre assuntos das mais variadas áreas", completou Ivan Carlos, que é natural de Cuité, no interior da Paraíba, cidade localizada a cerca de 220 km de João Pessoa.

O hábito da leitura é, para ele, a chave do sucesso. Ivan Carlos conta que já faz parte de sua rotina. "Eu gosto muito de ler, e isso facilita o aprendizado. Como eu não estava estudando exatamente para o ENEM, não houve muito conflito entre as atividades da graduação e preparação para o exame".

Dono de um vocabulário apurado, o estudante - que também dá aulas particulares de matemática - ressaltou que seu tempo no IFCE também ajudou para a conquista de resultados tão significativos, que orgulham a comunidade acadêmica do Instituto e os estudantes do Ceará como um todo. "Eu tinha acesso à biblioteca, antes da pandemia. Era bem comum eu adquirir livros lá, nem sempre da área do curso. Além disso, o ambiente da biblioteca do IFCE é muito silencioso, o que ajuda muito na concentração para se estudar".

"Uma dica que eu posso dar aos alunos do IFCE que estão se preparando para o ENEM é ler muito, pois isso ajuda não só na redação, mas também nas outras áreas, já que desenvolve também o raciocínio e a interpretação. Ler livros, mas não se restringir a eles. Tudo que a gente aprende pode ser usado na prova do ENEM, que não procura aqueles que memorizaram mais conteúdos, mas os que conseguem inter-relacioná-los e aplicá-los a situações do cotidiano", finalizou Ivan Carlos.

 

Dowglas Lima - Comunicação Social - Reitoria