Você está aqui: Página Inicial > Noticias > Notícias de destaques > Ensino remoto: 31 campi já reiniciaram as aulas
conteúdo

Notícias

Ensino remoto: 31 campi já reiniciaram as aulas

DURANTE A PANDEMIA

Aulas presenciais foram suspensas em março, de forma a preservar a saúde da comunidade acadêmica e atender às orientações do Governo do Estado
última modificação: 17/08/2020 13h30

O cenário de incertezas e de risco à saúde pública causado pela pandemia de covid-19 provocou a necessidade de instituições de ensino no Brasil e no mundo adaptarem suas respectivas formas de funcionamento, a fim de minimizar as possibilidades de disseminação do novo coronavírus. No Instituto Federal do Ceará (IFCE), não foi diferente, e a instituição suspendeu as atividades acadêmicas presenciais desde 16 de março, dia seguinte à confirmação dos primeiros casos da doença no Estado.

Entre maio e o início de agosto, 31 campi da instituição já reiniciaram o calendário letivo de forma remota, conforme os termos da Resolução do Conselho Superior (Consup) nº 11/2020, que estabeleceu diretrizes para que os gestores dessas unidades discutissem, virtualmente, com as respectivas comunidades acadêmicas as condições de acesso à internet, saúde pública e capacitação de docentes e discentes para adotar o ensino remoto como uma opção para este momento em que manter o distanciamento social é palavra de ordem. Além disso, 154 cursos de formação inicial e continuada foram ofertados remotamente pelo projeto “FIC em Casa” desde o início da suspensão das atividades presenciais.

Segundo o pró-reitor de Ensino, Reuber Saraiva de Santiago, a gestão adotou várias providências para auxiliar os campi nesse sentido, como a elaboração de resoluções relacionadas ao ensino, a capacitação de mais de 1.500 docentes em tecnologias digitais para EaD, incluindo ensino remoto, e a aquisição de 20 mil chips para os alunos acessarem a internet. “Nossos professores passaram por capacitação para se preparar para a retomada por meio do ensino remoto”, frisa.

Outro ponto importante é que o retorno das aulas na forma de oferta remota foi estabelecido como opcional aos estudantes, sendo facultado a eles a opção de, caso prefiram, retornar às atividades apenas presencialmente, quando houver condições sanitárias para isso (o que ainda não tem data prevista para ocorrer). Atualmente, a reitoria desenvolve a licitação de 4.500 tablets a serem distribuídos aos estudantes que não dispõem de equipamentos de informática em casa para aderir ao ensino remoto, a partir de critérios de vulnerabilidade socioeconômica.

 Confira o cronograma de do ensino remoto em cada campus:

1) Acaraú: semestre 2019.2 reiniciado remotamente em 8 de junho, enquanto o período 2020.1 começa em 24 de agosto.

2) Acopiara: semestre 2020.1 começou remotamente em 17 de junho.

3) Aracati: semestre 2019.2 reiniciado em 15 de junho; no dia 27 de julho começou 2020.1.

4) Baturité: os cursos técnicos integrados recomeçaram o semestre 2020.1 no dia 22 de junho, enquanto as demais formações técnicas e as graduações reiniciaram o mesmo período em 5 de agosto.

5) Boa Viagem: aulas de 2020.1 retomadas remotamente em 25 de maio.

6) Camocim: semestre 2019.2 reiniciado dia 1º de junho; 2020.1 começou no último dia 3 de agosto.

7) Canindé: o período 2019.2 recomeçou em 18 de junho, enquanto 2020.1 foi iniciado em 27 de julho.

8) Caucaia: as disciplinas cuja carga horária restante antes da pandemia era possível de ser cumprida antes das férias de meio de ano foram retomadas dia 15 de junho; as demais, recomeçaram em 27 de julho – em ambos os casos, no semestre 2020.1.

9) Cedro: a retomada se deu em quatro etapas, sendo no dia 4 de maio o recomeço do semestre 2019.2 e no dia 25 do mesmo mês o início de 2020.1 para os alunos no último ano dos cursos técnicos integrados e no último semestre da Licenciatura em Matemática; em 15 de junho, o reinício de 2020.1 para alunos do 1º semestre de todas as modalidades de curso, mas com limite de disciplinas; em 27 de julho, para estudantes do 5º ao 8º semestre dos cursos superiores e as demais disciplinas para alunos no 1º semestre dos cursos técnicos; e em 10 de agosto, para o restante dos estudantes.

10) Crateús: semestre 2020.1 e cursos anuais de 2020 retomados no último dia 3 de agosto;

11) Crato: semestre 2020.1 e cursos anuais de 2020 retomados em 27 de julho;

12) Fortaleza: alunos no último ano dos cursos técnicos integrados reiniciaram as aulas remotamente do semestre 2020.1 também em 8 de junho; os demais, em 27 de julho.

13) Guaramiranga: semestre 2020.1 retomado em 9 de junho;

14) Horizonte: aulas de 2020.1 também recomeçaram em 22 de junho;

15) Iguatu: outro cujo reinício de 2020.1 foi em 17 de junho;

16) Itapipoca: 15 de junho foi a data de recomeço do semestre 2020.1;

17) Jaguaribe: período 2020.1 reiniciou em 1º de agosto;

18) Jaguaruana: no dia 22 de julho, o semestre 2020.1 recomeçou;

19) Juazeiro do Norte: outro campus a recomeçar 2020.1 em 15 de junho;

20) Limoeiro do Norte: aulas de 2020.1 recomeçarão no dia 1º de setembro.

21) Maracanaú: em 16 de junho, recomeçou as disciplinas de 2020.1 cuja carga horária restante antes da pandemia era possível de ser concluída antes das férias de meio do ano; em 3 de agosto, as demais.

22) Maranguape: também reiniciou as atividades em 15 de junho;

23) Mombaça: o campus mais novo do IFCE ainda não havia iniciado os cursos de extensão previstos para 2020 quando o IFCE suspendeu as atividades acadêmicas presenciais. Como tratavam-se de cursos que demandam atividades práticas (Práticas Veterinárias na Bovinocultura de Leite e Informática Básica), a direção da unidade decidiu adiar a oferta até que haja condições sanitárias para isso.

24) Morada Nova: mais um onde 2020.1 recomeçou em 8 de junho.

25) Paracuru: semestre 2020.1 retomado em 23 de julho.

26) Pecém: outro campus cujo reinício remoto ocorreu em 22 de junho.

27) Quixadá: atividades de 2020.1 retomadas em 8 de junho.

28) Sobral: semestre 2019.2 retomado em 18 de maio.

29) Tabuleiro do Norte: recomeçou as aulas de 2020.1 em 12 de maio.

30) Tauá: 2020.1 também foi retomado em 1º de junho.

31) Tianguá: outro campus cujas aulas remotas de 2020.1 foram reiniciadas em 15 de junho.

32) Ubajara: retorno das atividades remotas do semestre 2020.1 se deu em 3 de agosto.

33) Umirim: recomeçou os cursos técnicos integrados em 15 de junho; o restante, em 27 de julho.

 

Ícaro Joathan - Comunicação Social/reitoria (colaboraram Anderson Lima/Cedro, Katharinne Magalhães/Caucaia; Rafael Oliveira/Fortaleza; e Saulo Rêgo/Maracanaú).