Você está aqui: Página Inicial > Jaguaribe > Notícias > Alunos do NEABI Jaguaribe participam de Simpósio em João Pessoa
conteúdo

Notícias

Alunos do NEABI Jaguaribe participam de Simpósio em João Pessoa

Destaque especial para nossa aluna Viviane Ferreira que recebeu uma menção honrosa.

publicado: 11/06/2019 14h51, última modificação: 11/06/2019 14h52

Participantes de Alunos NEABI Entre os dias 29 a 31 de Maio, os integrantes do Núcleo de Estudos Afrobrasileiros e Indígenas (NEABI), do IFCE Campus Jaguaribe, tiveram a oportunidade de participar do II Congresso de Pesquisadores/as Negros/as (COPENE), da edição Nordeste, que aconteceu no Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da UFPB em João Pessoa, na Paraíba.

No contexto deste evento, ocorreu também o Fórum da Educação Básica de Educação para as Relações Étnico-Raciais, que analisou a conjuntura brasileira em relação às Ações Afirmativas na Educação e a educação para relações étnico-raciais no âmbito regional. Durante o encontro, os estudantes participaram de debates e discussões com eixo nas temáticas de relações étnico-raciais por meio de conferências, mesas de debates, oficinas, simpósios temáticos e relatos de experiências afro-pedagógicas, atividades político-cultural e lançamento de livros (impressos e digitais), tendo como eixo de discussão o tema Epistemologias Negras e Lutas Antirracistas.

No total, participaram do referido evento cerca de 15 membros do NEABI Jaguaribe, distribuídos entre os cursos superiores de Licenciatura em Ciências Biológicas e Tecnologia em Redes de Computadores. Além da participação nas atividades do evento, foram apresentados três trabalhos científicos, sendo dois na categoria de pôster e um na categoria de apresentação oral. Todas as pesquisas apresentadas foram resultados do projeto intitulado como “Caminhos para a desconstrução do racismo em escolas públicas da Cidade de Jaguaribe”, que teve como objetivo valorizar o conhecimento das relações raciais a partir de oficinas temáticas com alunos e professores, bem como o desdobramento de novas formas de execução da Lei 10.639/03 nas escolas públicas da rede municipal. Tal projeto foi desenvolvido no percurso do semestre 2018.2, coordenado pela professora Cristiane Sousa Silva e com o apoio do Programa Institucional de Apoio a Projetos de Extensão (PAPEX), além de contar com a participação de uma equipe de execução composta por professores, técnicos-administrativos e estudantes bolsistas e voluntários do IFCE campus Jaguaribe.

No desenvolvimento do projeto, uma das metas estabelecidas foi alcançar, após a execução de todas as atividades, a expansão do conhecimento e da experiência obtidos pelos bolsistas durante o projeto, por meio de apresentações e publicações em eventos da área de temática racial. Desta maneira, a ex-bolsista Lara Pontes, estudante do curso Tecnologia em Redes de Computadores, e o ex-bolsista Ginueldo Silva, do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, apresentaram um trabalho na categoria de pôster intitulado como “Contação de Histórias Afro Brasileiras na Educação Infantil: Uma Proposta para a Construção da Identidade Negra na Cidade de Jaguaribe-CE”, que foi socializado no evento pela estudante Lara Pontes, no eixo temático de experiências afro-pedagógicas. A estudante ressaltou que o evento a fez refletir mais ainda sobre a importância e a necessidade de desenvolver estudos que tratem sobre intelectuais negros e busquem tornar a educação um espaço mais igualitário, principalmente em uma cidade do interior, como Jaguaribe.

Ainda na categoria pôster, tivemos o trabalho da ex-bolsista/estudante Viviane Ferreira, do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, com o título “Oficina de Turbantes na Educação para Relações Étnico-raciais: Relato de Experiência em uma Escola Pública de Jaguaribe-CE”. Esse trabalho foi premiado com menção honrosa no eixo temático de experiências afro-pedagógicas. A premiação representou um momento muito importante para todos e todas que constroem o NEABI-Jaguaribe, pelo reconhecimento do trabalho que temos realizado no enfrentamento ao racismo em escolas da cidade de Jaguaribe. Sobre  o trabalho premiado, a estudante ressaltou a surpresa e a satisfação em ter o trabalho reconhecido. A mesma compartilhou da importância de se discutir a temática racial com as crianças, público alvo do projeto, pois é nessa etapa em que elas constroem sua identidade. Apesar de ter sido uma premiação que teoricamente tenha nomeada as autorias do trabalho apresentado, a aluna afirma que todo o processo é uma construção coletiva do núcleo. Por fim, a aluna declarou que é necessário e imprescindível esse processo de formação e de construção do conhecimento, pois historicamente e socialmente a população negra é excluída e invisibilizada nos espaços educacionais.

Já na categoria apresentação oral, apresentamos o relato de experiência intitulado  “O trabalho interdisciplinar na educação para relações étnico-raciais: relato de experiência de um projeto de extensão na cidade de Jaguaribe - CE”  e foi socializado pela professora Cristiane Sousa e pela psicóloga Raquel Nepomuceno, na Sessão Temática 2 intitulado Educação, Experiências Pedagógicas e Ações Afirmativas. A professora e coordenadora do NEABI-Jaguaribe, Cristiane Sousa, reafirmou o compromisso com a educação antirracista, por meio de ações interdisciplinares que possibilita a integralidade dos saberes no processo educativo, assim rompendo as barreiras na busca de novas estratégias didático-pedagógicas de trabalhar com a Lei 10.639/03. Já a psicóloga e vice-coordenadora do Neabi-Jaguaribe, Raquel Nepomuceno considera a importância de contribuir para a formação integral tanto da equipe de servidores, como dos estudantes bolsistas e do público-alvo do projeto. Ações que visem ao combate ao racismo nas escolas favorecem não só à construção da identidade de estudantes negras e negros, mas também à promoção de um espaço educacional mais saudável e justo para todas e todos que dele participam.