Você está aqui: Página Inicial > Baturité > Notícias > IFCE campus Baturité realiza evento interdisciplinar de arte e cultural
conteúdo

Notícias

IFCE campus Baturité realiza evento interdisciplinar de arte e cultural

IFCE Cultural e Noções Espanhola: a arte de todas as tribos
publicado: 25/09/2017 00h00, última modificação: 09/10/2017 11h03
Exibir carrossel de imagens Janner Santos Evento Hispanidad IFCE Baturite

Evento Hispanidad IFCE Baturite

Nos dias 18, 19 e 20 de setembro deste realizou-se no campus Baturité o evento “HISPANIDAD: Noite Cultural e Nações Espanholas – A arte de todas as tribos”. Este teve como objetivo principal promover o acesso à cultura de uma forma ampla e diversificada, começando com um passeio pela Espanha – sua História, regiões, festas, gastronomia, ritmos e danças – e, encerrando com apresentações que destacaram algumas das cidades que compõem o maciço de Baturité: Baturité, Guaramiranga, Pacoti, Redenção.

Uma vez que a missão do IFCE volta-se à formação científica, tecnológica e humana buscou-se promover uma ação em que a diversidade cultural e a interdisciplinaridade estivessem aliadas à prática profissional. Desta forma, os alunos dos cursos de Hospedagem e de Hotelaria desenvolveram inicialmente pesquisas voltadas aos temas distribuídos e apresentaram seminários em língua estrangeira, a fim de utilizar na prática os conhecimentos já adquiridos em outras disciplinas utilizando-se, para tanto, da Língua Espanhola. Destaca-se ainda que os alunos, juntamente com os professores organizadores, estiveram à frente de todo o processo de organização, ornamentação e divulgação do evento. Em especial, os alunos do 4º período do Curso Tecnologia em Hotelaria que cursam a disciplina de “Planejamento e Organização de Eventos”, esta, ministrada pelo professor Temilson Costa. Observa-se que os alunos, além de expressarem com praticidade os conhecimentos teóricos debatidos em sala de aula, proporcionaram um encontro de várias culturas, a partir da troca de conhecimentos entre gerações, focando também o papel social que assume uma Instituição de Educação Técnica, Tecnológica e de Graduação perante a sociedade.

Contou-se, com a participação de convidados de toda a região, como por exemplo a Banda de Música da Prefeitura de Baturité; a presença do Secretário de Cultura e Turismo de Baturité, Wedney Rodrigues de Sousa; da apresentação da aluna Camila Gomes, descendente da Tribo Indígena Kanidé de Aratuba, com suas músicas e dança do “Toré”; das crianças e jovens representando a Associação Cultural Arte em Movimento com um show de capoeira; e da Escola de Música do Projeto Cidadania, Arte e Cultura, com uma apresentação de violão e teclado; apresentação do Grupo Cabaçal de Palmares, que compõe um Projeto de Extensão da UNILAB Redenção; além do cordelista Baturiteense Pádua de Queiros que conseguiu com a sua irreverencia conquistar o público participante. Contamos ainda com a apresentação da “Banda Tom Maior” do aluno José Equitovaldo, esta responsável pela animação do evento. Destacamos especialmente a presença de nossos alunos, visto que tivemos apresentação dos alunos de Letras, e dos alunos dos cursos de Administração e de Gastronomia que trouxeram seus empreendimentos – CRIAS de Administração, e alunos do curso de Extensão que visa o reaproveitamento de alimentos e geração de renda; e os alunos de Gastronomia da professora Mirele Vasconcelos; assim como também de outras escolas como o Liceu De Baturité Domingos Sávio.

Pode-se afirmar que o evento em questão fora um grande encontro de arte e cultura, visto que tivemos a demonstração dessa integração através das demonstrações dos dons artísticos na dança, na música, na declamação, e na culinária, além da sessão de cinema que evidenciou o idioma “Espanhol”.  Fora, sem dúvidas, um momento de grande significância e integração institucional e de efetiva participação do público. E, quando se reflete sobre teoria e prática no processo de ensino e aprendizagem percebe-se, ao se fazer uma avaliação do evento que, a satisfação e a alegria foram o marco principal da atividade, e, percebemos também que estamos no caminho certo proporcionando a integração entre academia, discentes e sociedade civil.

Certos do dever cumprido em nossa missão docente, finalizamos nosso texto agradecendo o apoio e o engajamento de todos que fazem o IFCE – docentes, discentes, técnicos, coordenadores, diretores e servidores –, a desenvoltura dos discentes durante todo o evento, e a presença da comunidade – acadêmica e civil – não apenas abrilhantaram o evento mas proporcionaram momentos de grande aprendizado, construído de forma colaborativa e lúdica. E, aos nossos alunos, resta–lhes apenas nosso agradecimento pois são eles os verdadeiros protagonistas na arte de educar. Aqui citamos o professor Vitor Henrique Paro como referência a tudo que acreditamos, quando o mesmo menciona que “o homem constrói sua especificidade e se constrói enquanto ser histórico à medida que transcende o mundo natural pelo trabalho”.