Você está aqui: Página Inicial > Aracati > Notícias > Projeto vai atrair mais meninas para a computação
conteúdo

Notícias

Projeto vai atrair mais meninas para a computação

Pyladies procura incentivar mulheres a entrar na área de tecnologia
publicado: 16/11/2017 16h22, última modificação: 20/11/2017 13h36

O campus de Aracati vai promover mais uma ação para incentivar a participação de meninas na área de tecnologia e computação. Isso vai ser possível graças ao início das atividades, aqui no campus, do PyLadies, uma comunidade mundial que já existe em vários estados brasileiros justamente com o propósito de atrair mais mulheres para a área tecnológica.

O primeiro encontro do grupo acontece no dia 24 de novembro, das 13h30 às 17h, no auditório do novo campus do IFCE, com uma programação aberta ao público. Em Aracati, o Pyladies vai reunir atividades que vinham sendo realizadas em dois projetos que já funcionam no campus: o Divas, voltado para a promoção da presença de mulheres na computação; e o Propython, que atua na divulgação da linguagem de programação Python.

Outra estudante que também elaborou o projeto é Helen Abdala. Ela diz que vê no Pyladies uma oportunidade de fortalecer a presença das meninas na área de computação. “Não tem nenhum motivo para que um número bem relevante de meninas não esteja no campo acadêmico da área de tecnologia. E o pyladies tem justamente a ideia de ajudar e acolher as meninas que têm essa vocação”.

A iniciativa conta com o suporte de dois professores do eixo de Informação e Comunicação do campus de Aracati do IFCE: Carina Oliveira e Silas Santiago. Uma das primeiras ações, além do encontro que já está marcado para o dia 24 de novembro, é a oferta de uma capacitação em linguagem Python para alunos de uma escola pública de ensino médio de Aracati.