Você está aqui: Página Inicial > Aracati > Notícias > Professores e pesquisadores iniciam ações do Pibid
conteúdo

Notícias

Professores e pesquisadores iniciam ações do Pibid

Atividades mobilizam 30 bolsistas e vão contemplar três instituições de ensino
publicado: 20/08/2018 09h36, última modificação: 20/08/2018 10h23
Reunião realizada no dia 08 de agosto deu início às atividades

Reunião realizada no dia 08 de agosto deu início às atividades

O funcionamento do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) no campus de Aracati teve seu início oficial no dia 8 de agosto e foi marcado por uma recepção aos bolsistas. Serão 30 estudantes do curso de Licenciatura em Química que irão atuar no programa pelos próximos 18 meses – do total, 24 serão remunerados e seis atuarão como voluntários. Além do campus de Aracati do IFCE, também receberão ações do programa as escolas públicas estaduais Barão de Aracati e Beni Carvalho.

“O PIBID é uma importante iniciativa no âmbito da formação de professores, por possibilitar pensar e repensar a prática pedagógica, seja dos licenciandos ou dos supervisores”, diz o professor João Paulo Guerreiro, um dos coordenadores do programa no campus de Aracati. Já a professora Ana Karine Portela Vasconcelos, que também está à frente da coordenação, destaca a expectativa em relação ao início do trabalho. “Sem dúvida vamos formar professores diferenciados, qualificados e que vão conhecer o ambiente de aprendizagem desde a gestão até a sala de aula propriamente dita”, diz ela.

Reunião que deu início às atividades do Pibid no campus de Aracati. Realizada no dia 08/08/2018 no auditório do campus.

Um dos bolsistas selecionados é o estudante Fred Simões, que vai atuar na escola Beni de Carvalho. Para ele, o Pibid pode aproximar a Química do cotidiano dos estudantes. “Acho que nós podemos contribuir para alterar a ideia de que essa é uma ciência distante do nosso dia a dia, de que seu aprendizado não é necessário”, diz ele. “Participar do programa é uma excelente oportunidade pra mim e pra todas e todos os estudantes de Licenciatura em Química do IFCE, de conhecer a realidade das escolas públicas e contribuir com a sugestão de novas estratégias para o ensino-aprendizagem em Química”, conclui.

João Paulo Moreira, que também vai atuar como bolsista do programa, diz que espera ter ainda mais vontade de seguir na carreira docente depois de concluir a graduação. “Sem dúvida vamos adquirir mais conhecimento e experiência no ramo da docência e acredito que será um grande incentivo para seguir carreira na licenciatura nas escolas de Ensino Básico”, planeja ele, que também prevê a oportunidade de entrar em contato com problemas reais da sala de aula.

SUPERVISÃO    
Além dos bolsistas e dos professores que coordenam as ações do programa, o Pibid também conta com supervisores para acompanhar as atividades diretamente nas escolas. Vera Mônica de Vasconcelos, técnica do Laboratório de Química do campus de Aracati, é uma dos quatro supervisores selecionados. Para ela, que também é professora da rede estadual de ensino do Ceará, o Pibid promove uma interação entre os ensinos Básico e Superior. “Outra vantagem é levar o aluno de graduação a vivenciar práticas pedagógicas dentro da escola”, destaca ela. “Isso eleva a qualidade da formação inicial desses futuros professores”.