Você está aqui: Página Inicial > Aracati > Notícias > Plano de ação vai beneficiar cajucultura em Aracati
conteúdo

Notícias

Plano de ação vai beneficiar cajucultura em Aracati

DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

IFCE integra conjunto de parcerias para desenvolvimento do setor no leste cearense
publicado: 30/11/2018 09h06, última modificação: 30/11/2018 09h28
Ações serão implementadas no triênio 2019-2021

Ações serão implementadas no triênio 2019-2021

O campus de Aracati do Instituto Federal de Educação do Ceará (IFCE) está somando esforços junto ao Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e outras entidades parceiras no plano de ação do Prodeter (Programa de Desenvolvimento Territorial) que será implementado a partir de 2019, visando o progresso da cajucultura no leste do Ceará. A iniciativa será apresentada ao público na próxima quinta-feira (6), em evento de lançamento que será realizado na Escola de Tempo Integral Darcy Ribeiro (Rua Teófilo Pinto, 200 - bairro Farias Brito), em Aracati.

A programação ocorre a partir das 8h, com café da manhã, seguido pela solenidade de abertura, atração cultural e apresentação dos membros do comitê gestor territorial e representantes das demais entidades parceiras no município. Em seguida, será feita a validação do plano de ação territorial , finalizando com assinatura do acordo de cooperação, debates e encaminhamentos.

De acordo com Carlos Henrique dos Santos Pitombeira, agente de Desenvolvimento do BNB, o Prodeter atende todo o Nordeste, focado nos segmentos de maior potencial socioeconômico local. No leste do Ceará, território que engloba os municípios de Aracati, Fortim, Beberibe e Cascavel, a escolha da cajucultura se deu por indicação dos diversos parceiros, entre entidades e produtores do segmento.

O Plano de Ação será desenvolvido no triênio 2019-2021, envolvendo atividades de capacitação e assistência técnica, conforme informa Carlos Henrique: “São diversas ações que serão implementadas nesse período, como por exemplo capacitações relacionadas à comercialização da cajucultura e ao beneficiamento do produto”, disse ele, salientando que um dos propósitos é tentar agregar valor ao produto.

Elinaldo Rodrigues - Campus de Aracati