Você está aqui: Página Inicial > Aracati > Notícias > Aracati recebe usinas de energia solar
conteúdo

Notícias

Aracati recebe usinas de energia solar

SUSTENTABILIDADE

Campus adquiriu cinco sistemas que vão contribuir com a economia e sustentabilidade ambiental
última modificação: 02/04/2020 17h39
Exibir carrossel de imagens Vitor Honório Diretora-geral do campus, professora Márcia Viana destacou apoio parlamentar

Diretora-geral do campus, professora Márcia Viana destacou apoio parlamentar

campus de Aracati recebeu, no início desta semana, cinco usinas de geração de energia solar. O sistema completo, que agrega 216 placas fotovoltaicas, tem capacidade de gerar até 92,4 kWp de energia, o que vai contribuir com a sustentabilidade ambiental e com a economia nas despesas de custeio. Cada módulo foi licitado no valor de R$ 72.965,24, totalizando um investimento de R$ 364.826,20.

O processo para instalação das usinas solares no campus de Aracati envolve ainda a contratação de uma empresa especializada na tecnologia de energia sustentável, para elaboração do projeto básico e do projeto executivo do sistema. Ele inclui o fornecimento de materiais e equipamentos, construção, montagem e colocação em operação, bem como realização de testes, pré-operação e todas as demais operações necessárias e suficientes para a entrega final do objeto, em módulos de geradores de energia solar fotovoltaicos em pleno funcionamento.

A estimativa é que o sistema esteja funcionando até o próximo semestre. Para isso, a empresa contratada vai elaborar e submeter o projeto de instalação, que será analisado pelo IFCE. De acordo com André Gadelha, coordenador de Infraestrutura do campus, esse documento é elaborado em função das especificidades da instituição. “Nesse projeto, a empresa terá que especificar os equipamentos, detalhes da montagem, sistemas de proteção e medição, entre outros itens que serão analisados para garantir que o projeto não só vai ficar funcional como não vai apresentar problemas no futuro”, explica ele.

Benefícios

O sistema de energia solar no campus de Aracati integra um contrato feito pelo Instituto Federal do Ceará, assinado em janeiro deste ano, para a implantação de 126 usinas  fotovoltaicas em 30 campi da instituição. Na avaliação da professora Márcia Viana, diretora-geral do campus, ele foi concebido pelo IFCE no âmbito de uma preocupação que envolve a sociedade como um todo e especialmente as instituições e governos, que é a questão ambiental. No caso do campus de Aracati, ela salienta que “essa pauta tem fomentado a busca de soluções para melhorar os seus processos, por meio da utilização racional dos recursos, recorrendo a tecnologias alternativas que impliquem em menor impacto danoso ao meio ambiente e melhoria da qualidade de vida da sociedade”.  

Somado à perspectiva de proteção e conservação ambiental, a partir da utilização de uma energia limpa, a gestora destaca os impactos positivos nas atividades fins do instituto. “Os recursos economizados, em comparação com os gastos que temos com o modelo de energia utilizado hoje, poderão favorecer a ampliação das atividades de pesquisa, que muitas vezes encontram dificuldades para avançar devido aos altos custos de insumos como água, energia, etc e também vão reforçar as políticas de assistência estudantil do campus”, planeja a diretora.

Apoio parlamentar

O reforço na estruturação física do campus de Aracati tem sido favorecido pelo apoio de deputados cearenses, com recursos destinados ao IFCE por meio de emendas parlamentares. Isso possibilitou, por exemplo, a inauguração dos laboratórios de Química, Alimentos e Bebidas, Aquicultura e Informática, no ano passado. No caso das usinas solares, de acordo com a professora Márcia Viana, o apoio especial do deputado José Guimarães foi determinante para consolidar essa aquisição.

Elinaldo Rodrigues - Campus de Aracati