Você está aqui: Página Inicial > Acaraú > Notícias > Pescadores e donos de barracas são alvo de projeto em Acaraú
conteúdo

Notícias

Pescadores e donos de barracas são alvo de projeto em Acaraú

EMPREENDEDORISMO

O projeto Manzuá será composto de cursos que buscarão despertar o olhar empreendedor
publicado: 14/12/2018 10h14, última modificação: 14/12/2018 10h39
"Divulgação" Outros cursos serão realizados em Acaraú

Outros cursos serão realizados em Acaraú

Na tarde do dia 3 de dezembro, foi realizado o primeiro curso do Projeto Manzuá, coordenado pela professora Cristiane Florêncio, juntamente com a professora Camila Franco, da área de empreendedorismo, ambas do campus de Acaraú do IFCE. A formação se deu na localidade da Barrinha de Baixo, no município de Acaraú, zona de praia, e teve a participação de pescadores e donos de barracas. O objetivo do projeto é incentivá-los no despertar de um olhar de empreendedor.

Para professora Camila Franco, o momento foi enriquecedor. “Tive o privilégio de abrir o ciclo de palestras com a participação de aproximadamente 20 pescadores e moradores da localidade. No evento, conversamos sobre empreendedorismo e gestão financeira. Foi bonito de ver todos atentos, prestando atenção, com sede de aprendizado”, relatou.

A docente ainda destacou a importância de "falar sobre as competências empreendedoras possíveis de serem despertadas em cada um de nós, tão importante quanto é falar sobre gerenciamento financeiro. Tivemos uma conversa muito produtiva com a população da Barrinha de Baixo sobre a importância de aprender a lidar com o dinheiro, tendo sido ali uma experiência grandiosa e espero que tenha gerado frutos”, pontuou.

O projeto Manzuá tem como proposta colaborar com o desenvolvimento da atividade pesqueira na comunidade de Barrinha de Baixo por meio da oferta de capacitação aos atores sociais inseridos na referida localidade, desenvolvendo conteúdos relacionados ao empreendedorismo e técnicas aplicadas à atividade pesqueira. Os discentes envolvidos no projeto, além de praticar os conceitos de empreendedorismo, terão a oportunidade de ofertar sua contribuição para a sociedade.

O projeto será desenvolvido entre os meses de dezembro deste ano até marco de 2019 e envolverá três bolsistas: Geórgia Andrade Santos Sales (curso de Restaurante e bar); Elizabete Vasconcelos dos Santos (cursos de Aquicultura e Ciências Biológicas); e Tulio Ésio Ferreira do Nascimento (curso de Ciências Biológicas).

Segundo a aluna Geórgia Sales, os benefícios e resultados advindos do projeto serão comunicados às comunidades acadêmica e externa, objetivando "apresentar a importância do empreendedorismo, da atividade de extensão e produção de conhecimento para a formação e carreira dos estudantes, além de contribuir com uma imagem favorável do campus de Acaraú como um espaço de geração de conhecimento e contribuição com a comunidade", explicou.