Você está aqui: Página Inicial > Acaraú > Notícias > Projeto busca a valorização do patrimônio afrodescendente e indígena
conteúdo

Notícias

Projeto busca a valorização do patrimônio afrodescendente e indígena

NEABI

A culminância do projeto foi realizada com um amplo evento que contou com palestra, debate, exposição e apresentações culturais
última modificação: 28/11/2019 12h51
David Bardawil Momento de interação e debate

Momento de interação e debate

O campus de Acaraú do IFCE, por meio do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e indígenas (NEABI) realizou, no dia 27 de novembro, evento de culminância do projeto "Lembranças de Infância: valorização do patrimônio cultural afrodescendente e indígena". O evento de culminância do projeto contou com representantes da comunidade quilombola de Córrego dos Iús, do distrito acarauense de Acaraú, bem como da comunidade indígena Tremembé de Varjota, em Itarema. Essa culminância foi resultado das pesquisas de campo, realizadas nas referidas comunidades, pelos membros do NEABI. Nessas ocasiões, os neabianos buscaram as histórias contadas pelas pessoas mais velhas das comunidades a partir das suas memórias de infância. As narrativas foram a base para a exposição de artefatos, relacionados a culinária, manifestações religiosas e culturais dessas comunidades, que houve ontem no IFCE.

O evento contou com debate sobre narrativas e memórias com histórias e vivências do povo tremembé de Varjota e dos quilombolas de Iús. A culminância também contou com a presença de Remanescentes de Quilombo e de Indígenas Tremembé de Varjota, que realizaram manifestações artísticas e culturais e presentearam a todos com as narrativas de parte das suas memórias de infância.

O evento contou com exposição acerca do patrimônio cultural dos povos indígena e afrodescendente, mostrando um pouco da cultura desses povos. Ainda foram apresentados vídeos e fotos produzidos nestas comunidades, que retratam as lembranças de infância narradas pelos interlocutores do Projeto.

Como forma, também, de valorizar o patrimônio cultural do Município de Acaraú, a antropóloga Brisa Moura realizou uma palestra sobre "Memória e identidade no Vale do Acaraú". A mesma é socióloga e pós-graduada em antropologia, pesquisadora do grupo de estudos e pesquisa em etnicidade da UFC.

Na ocasião, ainda foi lançado portfólio digital do projeto, com os principais resultados do trabalho realizado.