Você está aqui: Página Inicial > Acaraú > Notícias > IFCE e Aspae realizam oficina sobre árvores natalinas
conteúdo

Notícias

IFCE e Aspae realizam oficina sobre árvores natalinas

Extensão

O público-alvo foram os familiares da associação
última modificação: 10/12/2019 08h56
"Divulgação" Momento foi de grande descontração e integração

Momento foi de grande descontração e integração

No último sábado, 7 de dezembro, o IFCE'Arte promoveu mais uma atividade em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Acaraú (Aspae). Dessa vez os artistas foram mães e demais familiares das crianças atendidas pela associação, que participaram da Oficina de Confecção de Árvores de Natal. Estas, por sua vez, realizaram diversas atividades sob a supervisão dos alunos e ex-alunos da disciplina de Projeto Social, do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, que fizeram questão de comparecer para esse momento de integração.

A Aspae, parceira do IFCE'Arte desde agosto de 2019, é uma associação inicialmente desenvolvida por um grupo de pais de crianças e adolescentes com necessidades especiais de Acaraú, e possui um ambiente voltado para que a criança desenvolva funções cognitivas e esteja pronta para integrar a comunidade com mais independência. Mantida por doações da comunidade, colaboração dos pais e serviços voluntários prestados por vários profissionais, a missão da entidade é “promover ações nas áreas de Assistência Social, Educação e Saúde para pessoas com deficiência intelectual e múltipla visando garantir o pleno acesso aos seus direitos”.

Para a professora Soniamar Saraiva, coordenadora do IFCE'Arte e que ministra a disciplina de Projeto Social do IFCE, ações em parceria como essa, que ocorreu no último sábado, são "importantes para o processo de inclusão, para que essas pessoas sintam-se acolhidas no Campus, e o IFCE'Arte tem procurado cumprir esse papel, pois acreditamos que, além das dificuldades, todos possuem inúmeras potencialidades, são crianças e adolescentes maravilhosos com os quais aprendemos muito", destacou.