Você está aqui: Página Inicial > Acaraú > Notícias > Ecomangue retoma pesquisas no Parque Nacional de Jericoacoara
conteúdo

Notícias

Ecomangue retoma pesquisas no Parque Nacional de Jericoacoara

Pesquisa

Os membros do Laboratório realizam pesquisas não só no Parque, mas em outras áreas de conservação e manguezais
última modificação: 11/08/2020 19h22
"Divulgação" Atividade de pesquisa no Parque

Atividade de pesquisa no Parque

Com a reabertura do Parque Nacional de Jericoacoara, em 8 de Agosto, o Laboratório de Ecologia de Manguezais (Ecomangue), do campus de Acaraú do IFCE, retomou os trabalhos de pesquisa na Unidade. A bolsista Karina Dutra realizou neste dia a última coleta de seu projeto de conclusão de curso, que consiste em avaliar a presença de microplástico no local. Como adaptação à nova realidade, a equipe de coleta utilizou as máscaras para proteção individual e a higienização constante com álcool em gel.

O retorno foi permitido na última sexta (7) após portaria publicada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade no Diário Oficial da União. Entre as medidas para o retorno no Parque, estão o uso de A área estava fechada para visitação desde 17 de março.

Para garantir que os ambientes estejam seguros para retorno, o ICMBio indicou medidas sanitárias para a volta. Além das precauções como uso obrigatório de máscara de proteção facial, higienização das mãos álcool em gel 70% e sabão e uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI). Medidas essas acolhidas pelos pesquisadores do IFCE, que realizam pesquisas não só no Parque, mas em outras áreas de conservação e manguezais.

O Parque Nacional (Parna) de Jericoacoara, no estado do Ceará, foi criado em fevereiro de 2002. O mesmo tem como objetivo proteger amostras dos ecossistemas costeiros, assegurar a preservação de seus recursos naturais e proporcionar pesquisa científica, educação ambiental e turismo ecológico.