Você está aqui: Página Inicial > Acaraú > Notícias > Escolas municipais adotam e-book Educamangue
conteúdo

Notícias

Escolas municipais adotam e-book Educamangue

Educação Ambiental

Foram impressos 700 exemplares do Educamangue, distribuídos às bibliotecas e docentes das escolas da rede municipal acarauense
última modificação: 18/11/2019 11h21
"Divulgação" Projeto beneficiou várias escolas da rede municipal acarauense

Projeto beneficiou várias escolas da rede municipal acarauense

Professores da Rede Municipal de Acaraú participaram, no campus acarauense do Instituto Federal do Ceará - IFCE, no dia 11 de novembro, de uma formação sobre o e-book "Educamangue: conhecendo o fascinante ecossistema manguezal", de autoria da discente de especialização da área ambiental da unidade do Instituto, Rita Louzada e com co-autoria da docente do campus, Rafaela Maia. As escolas trabalharão em sala de aula a cartilha que traz uma linguagem adaptada ao público infantil. Além disso, dada escola de ensino fundamental do Município recebeu, gratuitamente, para as suas bibliotecas, exemplares da obra.

Para Rita Louzada, o sentimento é de satisfação e emoção em ter a obra de sua autoria como recurso didático a ser trabalhado pelas escolas. "É emocionante, não consigo nem mensurar o que estou sentindo. Só em saber que meu trabalho está sendo dispersado e chegar até esses professores que trabalharão o conteúdo em sala de aula, é muito gratificante", pontuou.

A co-autora da cartilha, professora Rafaela Maia, que é coordenadora do Laboratório de Ecologia de Manguezais do IFCE, explicou que a iniciativa de adoção da cartilha como recurso didático das escolas vem após uma interlocução do Instituto com as Secretarias de Educação e Meio Ambiente municipais, em parceria com a empresa Habitat Geoambiental, por meio da qual "passa a ser disponibilizada para todas as escolas de ensino fundamental o E-book, que traz um conteúdo dinâmico e direcionado ao público infantil com a promoção de educação ambiental e de preservação do manguezal", ressaltou.

O momento no campus de Acaraú contou ainda com oficina de cartografia e mapeamento associado ao manguezal com representantes da Habitat Geoambiental, responsável pela reprodução e distribuição da cartilha para as escolas do Município. Lívia Mendonça, geógrafa da instituição, explicou acerca do financiamento do e-book. Segundo ela, foram financiados 700 exemplares que passam a ser distribuídos a professores e bibliotecas das unidades do Município. O financiamento vem após um programa de educação ambiental para licenciamento da linha de transmissão da subestação Acaraú II e II, programa esse ao qual foi inserido o financiamento do livro, foi autorizado esse investimento a partir do empreendimento que está sendo realizado", apontou.

Os professores do Município de Acaraú ainda tiveram a oportunidade de tomar contato com o acervo biológico de flora e fauna catalogados no Laboratório Ecomangue, bem como o trabalho realizado no espaço em prol do ecossistema manguezal, bem como seus projetos e ações de educação ambiental.

A Coordenadora do laboratório, Rafaela Maia, rendeu um agradecimento especial a todos os parceiros por tornarem realidade, segundo elencou, a realização de um sonho. "Agradecemos a todos pela parceria para realização de mais esse sonho! Seguimos juntos em busca da conservação dos nossos manguezais", disse emocionada.
-

para a professora crisele, da escola municipal joão lourenço pereira rocha, da localidade de castelhano em acaraú, uma das que se encontravam em formação e que trabalhará a cartilha em sala de aula, o momento de aperfeiçoamento é muito importante para a prática didática.