Você está aqui: Página Inicial > Acaraú > Notícias > Campus de Acaraú adere à campanha do Maio Amarelo
conteúdo

Notícias

Campus de Acaraú adere à campanha do Maio Amarelo

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO

Campus contou com oficinas, recitação de cordel, exibição de vídeo e blitz educativa
publicado: 16/05/2018 11h15, última modificação: 16/05/2018 11h23
David Bardawil Os alunos engajaram-se na blitz educativa
  • David Bardawil"> maioamarelosite.JPG

Os alunos engajaram-se na blitz educativa

O campus de Acaraú do IFCE promoveu, entre os dias 14 e 16 de maio, diversas ações alusivas ao Movimento do Maio Amarelo. Trata-se de um movimento internacional de mobilização e conscientização para a redução de acidentes e para um trânsito seguro. O objetivo é tornar o tema trânsito pauta diária durante todo o mês de maio e estimular, desta forma, a participação de toda a população, empresas, governos e entidades. O movimento tenta reverter o alto índice de acidentes, especialmente nas cidades do interior.

Na segunda-feira, foram realizadas oficinas com os alunos beneficiados com os auxílios formação e moradia, com a elaboração de cartazes de conscientização do respeito à vida a partir do respeito às leis de trânsito.

Na terça-feira, por sua vez, foi realizada a recitação de um cordel dos órgãos de trânsito abordando a temática, sensibilizando sobre a importância das leis de trânsito. Também foi exibido vídeo da campanha nacional que mostra a relevância de atitudes como o uso do capacete e do cinto de segurança.

Nesta quarta-feira, foi realizada uma blitz educativa com a abordagem de motoristas e motociclistas para checagem acerca das normas da CLT, além de terem sido entregues kits com adesivos e brindes do Maio Amarelo. O material foi uma doação da Escola de Trânsito do Detran-CE, mediante articulação da Coordenadoria de Assuntos Estudantis do campus - CAE, organizadora da campanha na unidade.

Conforme a assistente social da CAE, Maria do Carmo, a conscientização acerca da problemática é um importante passo para a mudança de hábitos de condutores e pedestres. "O trânsito muda se cada um mudar e nós, enquanto instituição de educação, precisamos nos engajar nessa campanha e de contribuir para que nossos alunos e servidores possam ser um agente de mudança para melhor em prol de um trânsito mais seguro, no respeito às leis de trânsito e à vida", afirmou.

A aluna Sabrina Ribeiro, do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, que colaborou na campanha na unidade, destacou a importância da iniciativa. "Vivemos em uma sociedade que está correndo e precisamos nos deslocar no trânsito da forma mais segura possível para preservar a vida, afinal cada qual tem que chegar a seu destino em segurança. Daí a importância de se obedecer às leis de trânsito e o Maio Amarelo vem para colaborar para isso", pontuou.