Você está aqui: Página Inicial > Acaraú > Notícias > Alunos praticam atos de cidadania
conteúdo

Notícias

Alunos praticam atos de cidadania

RESTAURANTE E BAR

Várias atividades foram desenvolvidas pensando-se no bem social, como limpeza de praias, suporte a projeto social e ação de beleza
última modificação: 21/10/2019 10h45
"Divulgação" Alunos do IFCE com as crianças atendidas pela Frathernus em Carrapateiras/Acaraú

Alunos do IFCE com as crianças atendidas pela Frathernus em Carrapateiras/Acaraú

Alunos do curso técnico de Restaurante e Bar do campus de Acaraú do IFCE realizaram diversos atos de cidadania na região, como atividade da disciplina de Relações Interpessoais. "A ideia era desenvolver um 'Ato de Cidadania'. Os alunos iriam pensar e movimentar-se em prol de alguma causa em sua comunidade. Os resultados foram diversos!", destacou a professora Camila Franco, que ministra a disciplina.

Uma equipe mobilizou-se em um mutirão de limpeza da Praia da Barrinha de Baixo, em Acaraú, onde retiraram grande quantidade de lixo, lixo esse que impactaria negativamente no meio ambiente local.

Outra equipe ajudou nas atividades do projeto "Frathernus", na localidade de Carrapateiras/Acaraú, que realiza um trabalho social com as crianças da comunidade. Lá, os alunos organizaram uma rifa a fim de levantar dinheiro para a realização da festinha das crianças, além de terem arrecadado alimentos e brinquedos.

Outra equipe se reuniu na praça Nossa Senhora de Fátima, no Centro do Município de Itarema, onde expunham cartazes oferecendo abraços às pessoas que passavam. Foi uma foma encontrada pela turma para oferecer acolhimento e ato de gentileza.

Uma das alunas da turma engajou-se em uma ação voluntária ocorrida na Associação dos Moradores da localidade acarauense de Morgado. A ação contava com diversos serviços à comunidade, e a aluna ajudou fazendo as unhas das mulheres, colaborando para a autoestima delas.

Na avaliação do aluno Henrique, do segundo semestre do curso de Restaurante e Bar, que atuou em atividade do Projeto Frathernus em Carrapateiras/Acaraú, foi proveitoso fazer parte dessa ação."Foi uma experiência muito gratificante em poder ajudar as pessoas. Eu me senti realizado ao ver o sorriso daquelas crianças. É muito gratificante mesmo! Não tem sensação melhor do que ajudar o próximo. Eu não posso mudar o mundo sozinho, mas, fazendo a minha parte, vou me sentir mais feliz", destacou.

"O retorno dos alunos após esse Ato foi unânime: 'fazer o bem ao próximo faz bem também pra gente'", enfatizou a professora Camila Franco.