Você está aqui: Página Inicial > Crato > Notícias > Parceria promove curso sobre cultivo de mandioca

Notícias

Parceria promove curso sobre cultivo de mandioca

Ações do Reniva no Cariri são executadas por Embrapa, Ematerce e IFCE Crato
publicado: 02/05/2016 11h11 última modificação: 02/05/2016 11h11
Exibir carrossel de imagens Foto: Mariana Caselli Em março, agricultores receberam manivas no campus

Em março, agricultores receberam manivas no campus

A parceria entre Embrapa, Ematerce e IFCE Crato no plano de ação do Projeto Reniva Cariri continua rendendo bons frutos. De 26 a 28 de abril, a parceria promoveu, no campus do Instituto, um curso sobre mandiocultura, ministrado por José Raimundo Ferreira Filho, da Embrapa Mandioca e Fruticultura. O objetivo era capacitar técnicos e agricultores no plantio e no manejo da mandioca. Os participantes assistiram a palestras sobre o sistema de produção da planta e o seu uso na alimentação humana e animal.

Beneficiários do Programa Brasil Sem Miséria, agricultores familiares que participaram da formação já haviam sido contemplados pelo Reniva. Em março, receberam manivas (pedaços do caule que dão origem a novas plantas) cultivadas pelo campus. Agora, eles foram treinados para a condução dos campos de multiplicação rápida de mandioca, técnica abordada nas palestras e em uma aula prática na unidade de produção que funciona no Instituto. Dessa forma, os agricultores se tornarão "maniveiros", distribuindo manivas-semente de mandioca a outros produtores rurais da região.

Para José Ferreira, produtor de mandioca no assentamento de Malhada, no Crato, o curso foi proveitoso e deve mudar para melhor a forma de cultivar a planta: "A gente já trabalha com mandioca há gerações, mas não tinha tanto conhecimento técnico sobre o plantio e a escolha da semente. Plantar uma semente de qualidade vai agregar valor e aumentar nossa produção".

O agrônomo José Valdevino de Brito Neto, um dos servidores à frente do projeto no Instituto, reafirmou a importância do trabalho de extensão: "O IFCE está em parceria com dois órgãos competentes e de responsabilidade abrangente. O programa supre uma lacuna para o produtor, que na época do plantio percebe a falta de sementes de mandioca, além de ajudar a inserir o instituto no contexto social local, nos deixando mais próximos ao meio rural, aos produtores".

"A parceria entre Embrapa, Ematerce e IFCE já é consolidada na região, com outros projetos. As novas ações vem para fortalecer o trabalho", é o que afirmou Francisco Antônio de Carvalho Porto, técnico da Ematerce envolvido no plano de ação. Além de destacar o fortalecimento da parceria entre as três instituições, Porto explica que, ao replicar a técnica de propagação rápida, o Reniva amplia a abrangência de manivas para os agricultores do Cariri.

Projeto Reniva

A Rede de multiplicação e transferência de materiais propagativos de mandioca com qualidade genética e fitossanitária (Reniva) é uma iniciativa da Embrapa para estimular a produção de mandioca no Nordeste. O projeto trabalha com a técnica de multiplicação rápida, desenvolvida para gerar material de plantio de qualidade, livre de doenças que atacam a mandioca. No Ceará, o plano de ação do Reniva Cariri é coordenado por Weliton Lima, da Embrapa Caprinos e Ovinos. Lima explica que o próximo passo do plano é levar produtores cearenses para conhecer experiências desenvolvidas na Bahia.

registrado em: ,
Assunto(s): Extensão rural