Você está aqui: Página Inicial > Crateús > Notícias > Crateús tem 1ª defesa de conclusão de curso com tradução em Libras

Notícias

Crateús tem 1ª defesa de conclusão de curso com tradução em Libras

Trabalho foi apresentado por aluna da licenciatura em Letras
publicado: 27/10/2016 12h24 última modificação: 28/10/2016 11h19
Elinaldo Rodrigues Defesa do trabalho foi aberta ao público

Defesa do trabalho foi aberta ao público

O campus de Crateús foi palco, nesta quarta-feira (26), da primeira defesa de trabalho de conclusão de curso, com tradução simultânea em Língua Brasileira de Sinais (Libras). O trabalho foi apresentado pela aluna Izabel Santiago, concluinte do curso de licenciatura em Letras. A defesa foi aberta ao público e contou com a participação de alunos surdos da escola Estadual Lourenço Filho, de Crateús. 

Com orientação da professora Cibelle Araújo, o estudo abordou o tema “Do silêncio à comunicação: vivências e angústias dos intérpretes de libras nas escolas do município de Crateús”. Izabel Santiago trabalha com língua de sinais há cerca de 15 anos no município.

A atuação profissional da autora possibilitou uma constatação que motivou a realização do trabalho: a necessidade de incentivo das instituições de ensino à formação de profissionais na área. Trata-se, inclusive, de uma obrigação de estado, considerando o direito assegurado por lei que prevê a efetivação de recursos que permitam a acessibilidade às pessoas com necessidades específicas.

Izabel é servidora pública do estado do Ceará, atuando como professora e intérprete na Escola Lourenço Filho. O trabalho desenvolvido por ela para conclusão do curso de Letras teve o apoio do Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (NAPNE), do campus de Crateús.

Elinaldo Rodrigues – Campus de Crateús

registrado em: , ,
Assunto(s): Meios de acesso