Você está aqui: Página Inicial > Cedro > Notícias > Sala sensorial estimula sentidos com experiência no Cedro

Notícias

Sala sensorial estimula sentidos com experiência no Cedro

por publicado: 25/05/2016 12h13 última modificação: 16/06/2016 15h40
Experiência desperta curiosidade de visitantes (Foto: arquivo)

Experiência desperta curiosidade de visitantes (Foto: arquivo)

Audição, tato, olfato. O aguçamento dos sentidos pode envolver experiências que ampliam e modificam nossa forma de lidar com o mundo. Foi pensando nisso que o Núcleo de Acessibilidade às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne) do campus de Cedro promoveu a primeira sala sensorial, onde estudantes e servidores têm a oportunidade de entrar numa sala fechada, com o uso de uma venda, e descrever cheiros, sons e objetos.

“A ideia é que a gente possa utilizar mais do que a visão. Precisamos parar para observar tudo que está ao nosso redor – e essa é uma ótima forma de desenvolver e aguçar os outros sentidos. A sensibilidade envolve sensações muito amplas”, observa Raquece Cruz, coordenadora do Napne, que também conta com o professor Michael Lima.