Você está aqui: Página Inicial > Cedro > Notícias > Programa Mulheres Mil tem início em Cedro
conteúdo

Notícias

Programa Mulheres Mil tem início em Cedro

70 alunas em situação de vulnerabilidade social participam de dois cursos FIC
publicado: 24/10/2014 01h00, última modificação: 03/12/2015 11h04
Programa atinge mulheres desempregadas ou sem formação profissional (Foto: Andressa Souza)

Programa atinge mulheres desempregadas ou sem formação profissional (Foto: Andressa Souza)

Independência financeira, protagonismo feminino e quebra de preconceitos: estes foram os principais tópicos destacados às 70 novas alunas do Programa Mulheres Mil durante a aula inaugural realizada no Instituto Federal do Ceará (IFCE) – Campus Cedro.

Vinculado ao Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o Mulheres Mil busca possibilitar o acesso exclusivo de mulheres historicamente em situação de extrema pobreza e vulnerabilidade à educação profissional e tecnológica, estimulando a inclusão educacional e social. Parceiro da ideia, o IFCE – Campus de Cedro ministra em 2014 dois cursos na modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC): Instalador e Reparador de Redes de Computadores e Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão.

“Há um compromisso grande de ter uma escola como essa para difundir as ações nesse local pobre. O IFCE é uma ilha de conhecimento no Cedro”, ressaltou e elogiou o prefeito do município, Nilson Diniz. Classificando a instituição como um “portal para se deparar com um novo caminho e novas oportunidades para crescer”, ele incentivou a dedicação das novas alunas, destacando exemplos de pessoas que conquistaram o espaço pelo estudo.

“Hoje a gente rompe vínculos com um passado que nos aprisionava”, afirmou Regina Gomes, secretária de ação social do município. Ela também destacou a possibilidade das alunas serem protagonistas das próprias histórias por meio da elevação da escolaridade, da profissionalização, da inserção no mercado de trabalho e da geração de renda.