Você está aqui: Página Inicial > Cedro > Notícias > Alunos participam de mostra tecnológica em Quixadá

Notícias

Alunos participam de mostra tecnológica em Quixadá

Estudantes conquistaram as medalhas de bronze em duas competições
por Andressa Souza publicado: 16/11/2015 00h00 última modificação: 22/12/2015 14h48
24 alunos participaram em duas modalidades

24 alunos participaram em duas modalidades

Vinte e quatro alunos do campus de Cedro participaram na última quarta-feira (11), em Quixadá, da segunda Mostra Tecnológica da Faculdade Católica Rainha do Sertão. A competição trouxe ao campus as medalhas de bronze nas duas modalidades de provas disponíveis. Nove estudantes do curso de Tecnologia em Mecatrônica Industrial competiram na categoria de robô seguidor de linha.

Nesse tipo de prova, os competidores devem construir um mini-carro capaz de rastrear o trajeto da pista. O objetivo é completar o percurso sem utilizar controle remoto ou fios de condução. Para isso, os robôs são dotados de sensores de luz infravermelha para se orientarem.

O segundo torneio envolveu cinco alunos do Bacharelado em Sistemas de Informação e oito do Técnico Integrado em Informática. Chamado de Robocode, o formato é semelhante a um jogo virtual em que o usuário deve elaborar e programar uma estratégia para controlar um robô tanque, capaz de se movimentar e atirar em adversários. A competição entre os participantes é acompanhada publicamente via interface do simulador. Utilizando apenas programas de computador, os estudantes devem estabelecer a estratégia de batalha de um robô tanque para torná-lo capaz de executar uma sequência de golpes sem interferência do desenvolvedor durante o round.

Bruno Rocha, estudante do segundo semestre de Sistemas da Informação, ficou em terceiro lugar na competição do Robocode. Para ele, o resultado foi surpreendente por conta do pouco tempo de preparo, mas foi suficiente para deixar o anseio por novas chances. "Conseguimos participar e deixar a marca do IFCE Cedro representado no pódio. Pretendo estar sempre participando de competições assim, pois essas vitórias valorizam a nossa instituição, o nosso ensino e também servem para aperfeiçoamento das habilidades dos participantes", explica.