Você está aqui: Página Inicial > Cedro > Notícias > Alunos e servidores entram em ação contra o zika vírus

Notícias

Alunos e servidores entram em ação contra o zika vírus

Equipe panfletou nas ruas de Cedro no Dia Mundial da Saúde
por Andressa Souza publicado: 07/04/2016 12h54 última modificação: 07/04/2016 12h54
Exibir carrossel de imagens Foto: Ítalo Costa Equipe reunida e pronta para a blitz educativa

Equipe reunida e pronta para a blitz educativa

O centro do município de Cedro fervilhava, como sempre, na manhã desta quinta-feira (7). Pessoas se organizavam em filas nos bancos com papéis de contas nas mãos, outras pechinchavam o preço das mercadorias com os comerciantes, algumas buscavam os mototaxistas para combinar uma corrida. Um grupo de dez servidores e alunos do campus de Cedro aproveitou a intensidade desse fluxo para conscientizar a comunidade sobres os riscos e as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

No Dia Mundial da Saúde, comemorado internacionalmente em 7 de abril, a equipe distribuiu panfletos com orientações sobre o combate ao vetor de doenças como dengue, chikungunya e zika virus. Nos folhetos informativos, havia recomendações para prevenir a proliferação do mosquito e sintomas das doenças causadas.

Alana Carolina, do oitavo semestre do técnico integrado em Eletrotécnica, foi uma das voluntárias a participar da atividade educativa. Filha de uma agente de saúde, a estudante se sensibilizou com a ação conscientizadora: enquanto os colegas de sala se reuniram para estudar para uma prova, ela optou pela panfletagem por considerá-la uma "causa nobre". "Às vezes a gente se limita muito no nosso mundo, você acaba pensando muito individualmente e perdendo um pouco da coletividade. Eu estudo com uma certa frequência para todas as provas e pensei que poderia fazer diferente. Ao invés de estudar para minha prova e garantir a minha boa nota, que tal fazer algo que vá fazer a diferença? Não é todo dia que você pode ter a sensação de se sentir útil", explica.