Você está aqui: Página Inicial > Caucaia > Notícias > Campus do Pecém inicia dois primeiros cursos

Notícias

Campus do Pecém inicia dois primeiros cursos

Formação e qualificação na unidade terá elo com demanda do complexo industrial
publicado: 18/08/2016 14h57, última modificação: 18/08/2016 15h22
Reitor presidiu a solenidade, seguida de palestra (Foto: Filiphe Sá)

Reitor presidiu a solenidade, seguida de palestra (Foto: Filiphe Sá)

O campus avançado do Pecém, do Instituto Federal do Ceará (IFCE), realizou na manhã desta segunda, 2 de maio, a aula inaugural de seus primeiros cursos: Eletricista Industrial e Português Instrumental, ambos na modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC). A palestra de abertura do calendário letivo foi presidida pelo executivo Ricardo Parente, gerente-geral de Relações Institucionais e Comunicação da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), que falou das perspectivas de mercado para aquela região. Ao todo, 65 alunos inciaram as aulas.

À solenidade, que teve como anfitrião o reitor do IFCE, Virgílio Araripe, estiveram presentes o secretário da Ciência e Tecnologia do Estado, Inácio Arruda; o diretor de Desenvolvimento da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, Luciano de Oliveira Toledo; o presidente da Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Aecipp), Fernando Moura; além de pró-reitores e diretores do campi e representantes de municípios que cercam o Pecém.

Em seu discurso, o reitor do IFCE destacou a estrutura do novo campus, instrumento decisivo para a formação profissional com vistas ao desenvolvimento do Completo Industrial e Portuário do Pecém. “Poucos locais do mundo têm um ambiente como esse, um projeto muito bem idealizado, inserido num espaço de progresso, com laboratórios e equipamentos fantásticos”, frisou. “É só o começo desse processo de preparação dos nossos cearenses para atender a demanda do complexo e precisamos ser rápidos”, completou Araripe.

A chegada do novo campus representa uma oportunidade única na opinião do casal Gabriel Jocélio, 19, e Edna Gomes, 26, alunos do curso de Eletricista Industrial. “É difícil conseguir emprego sem formação e aqui temos uma expectativa muito grande de um futuro melhor”, observou a jovem. “Quero entrar numa indústria e colocar em prática tudo que vou aprender aqui, com boa conduta e muita vontade”, disse, entusiasmado, Gabriel.

Desenvolvimento

Para Ricardo Parente, executivo da CSP, o novo campus representa “um grande salto” para o segmento industrial do Ceará. “O IFCE é uma instituição de educação renomada no País e essa parceria com a Aecipp é importante para consolidar o atendimento das demandas de mão de obra para o complexo do Pecém. É muito importante formar em cima da demanda e estamos buscando essa sinergia”, reforçou.

O secretário da Ciência e Tecnologia, Inácio Arruda, comemorou o marco desta segunda. “Finalmente começamos nossas atividades letivas nesse espaço que considero extraordinário, onde há uma combinação do Instituto Federal com o setor produtivo. Essa estrutura, com grandes laboratórios, que permitem cursos de altíssima qualidade, vai exigir a formação de muita gente e o IFCE tem essa capacidade. Isso é uma grande conquista”, realçou.

O diretor de Desenvolvimento da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, Luciano Toledo, também vibrou com o momento e parabenizou o IFCE. Ele destacou a expansão dos institutos federais para atender às expectativas profissionais da população, bem como do mercado. “A sociedade como um todo cresce com a formação, com a educação”, pontuou.

Luís Carlos de Freitas - Reitoria