Você está aqui: Página Inicial > Aracati > Notícias > Sociedade Brasileira de Computação tem projeto parceiro em Aracati

Notícias

Sociedade Brasileira de Computação tem projeto parceiro em Aracati

Projeto de extensão Divas estimula interesse de meninas pela área de Computação
publicado: 31/08/2016 10h09, última modificação: 31/08/2016 13h36

O projeto de extensão Divas, do campus de Aracati, passou a ser parceiro do programa Meninas Digitais, lançado em 2011 pela Sociedade Brasileira de Computação. As duas iniciativas têm o objetivo de estimular o interesse de alunas do Ensino Médio pela área de Informática e de Tecnologias da Informação e Comunicação. O objetivo é motivar essas meninas a optarem pela carreira nessas áreas.

O projeto Divas teve início no primeiro semestre de 2016 no campus de Aracati e foi selecionado pelo Programa Institucional de Apoio a Projetos de Extensão do IFCE (Papex). A iniciativa é coordenada pela professora Carina Oliveira, do curso de Bacharelado em Ciência da Computação e conta com o apoio de bolsistas e alunos voluntários do curso.

Em julho, foram oferecidos os primeiros cursos de capacitação para alunos e alunas de outras instituições de ensino de Aracati. “A maioria das vagas foi destinada a alunas de até 20 anos vindas de escola pública, mas nós também abrimos vagas para alunos”, explica Carina. “A proposta do projeto é oferecer três cursos principais: introdução a informática, lógica de programação e arduínos. A nossa ideia é sempre adicionar um conhecimento durante as aulas e fazer uma formação bem prática, fugindo da imagem de uma aula tradicional com muita teoria”.

Além da realização de cursos na área de tecnologia e informática, as ações do projeto também incluem o apadrinhamento de alunas de escolas públicas, palestras motivacionais e a inserção de alunas do IFCE em projetos de pesquisa e extensão. No mês de agosto, duas escolas passaram a ser atendidas pelo projeto com cursos de capacitação: a escola José Melancia, de Canoa Quebrada; e a escola Barão de Aracati, que funciona no centro da cidade.

Para saber mais informações, acesse a página do projeto Divas.

registrado em: