Você está aqui: Página Inicial > Aracati > campus_aracati > O campus

O campus

por IFCE publicado 16/07/2015 16h21, última modificação 04/10/2017 13h36

Inaugurado em primeiro de fevereiro de 2010 como campus avançado de Fortaleza, a sede do IFCE em Aracati iniciou sua atuação com a oferta dos cursos de Agenciamento de Viagens, Aquicultura e Informática. A primeira sede foram as instalações utilizadas até então pelo Centro Vocacional Tecnológico da cidade. E foi de lá que a unidade conseguiu passar dos 80 alunos inicialmente matriculados para mais de mil estudantes atendidos em sete anos de atividade.    

Atualmente, o campus oferece uma diversidade bem maior de cursos, sendo todos gratuitos e com a qualidade que só uma instituição federal de ensino pode garantir. Entre as opções estão os técnicos em Aquicultura, Eventos, Guia de Turismo e Informática; um curso técnico Integrado em Petroquímica, para alunos que fazem o Ensino Médio e a formação técnica no próprio IFCE; e ainda quatro cursos superiores: Bacharelado em Ciência da Computação, Engenharia de Aquicultura, Licenciatura em Química e Tecnologia em Hotelaria.

Em 2017, o campus passará a funcionar em uma nova sede, localizada às margens da CE 040 e com capacidades para atender a expansão da unidade. A estrutura conta com 10 salas de aula, 10 laboratórios, bloco administrativo com 27 salas, auditório para 180 pessoas e biblioteca, numa área total de mais de 4.200m².    

Nos sete primeiros anos de atuação, o campus de Aracati se consolida como uma instituição de destaque no cenário local e regional do Vale do Jaguaribe, beneficiando estudantes e pessoas da comunidade externa e apresentando excelentes resultados na formação de profissionais altamente qualificados.

CALENDÁRIO ACADÊMICO 2017.1
VEJA MAIS DETALHES SOBRE O NÚMERO DE ALUNOS DO IFCE

IFCE
Criado oficialmente no dia 29 de dezembro de 2008, pela Lei nº 11.892, sancionada pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Instituto Federal do Ceará congrega os extintos Centros Federais de Educação Tecnológica do Ceará (Cefets/CE) e as Escolas Agrotécnicas Federais dos municípios de Crato e de Iguatu. O IFCE tem hoje 32 unidades, distribuídas em todas as regiões do Estado.

MISSÃO
Imbuído do seu papel perante a sociedade e atuando com sensibilidade para enfrentar os desafios impostos pela realidade socioeconômica, política e cultural da região, o campus de Aracati do IFCE tem buscado privilegiar ações que contribuam para a melhoria da qualidade do ensino, proclamando desta forma seus três princípios fundamentais: Ética, Competência e Compromisso Social.  

A missão educacional do campus é produzir, disseminar e aplicar os conhecimentos científicos e tecnológicos na busca de participar integralmente da formação do cidadão, tornando-a mais completa, visando sua total inserção social, política, cultural e ética.

As características e as finalidades do campus de Aracati, como as demais instituições que integram a Rede Federal de Educação Tecnológica, são definidos por meio de legislação específica. De acordo com o artigo 6º da Lei nº. 11.892/2008, as finalidades são:

- Ofertar educação profissional e tecnológica, em todos os seus níveis e modalidades, formando e qualificando cidadãos com vistas à atuação profissional nos diversos setores da economia, com ênfase no desenvolvimento socioeconômico local, regional e nacional;
- Desenvolver a educação profissional e tecnológica como processo educativo e investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às demandas sociais e peculiaridades regionais;
- Promover a integração e a verticalização da educação básica à educação profissional e educação superior, otimizando a infraestrutura física, os quadros de pessoal e os recursos de gestão;
- Orientar sua oferta formativa em benefício da consolidação e fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais, identificados com base no mapeamento das potencialidades de desenvolvimento socioeconômico e cultural no âmbito de atuação do Instituto Federal;
- Constituir-se centro de excelência na oferta do ensino de ciências em geral e de ciências aplicadas, em particular, estimulando o desenvolvimento de espírito crítico, voltado à investigação empírica;
- Qualificar-se como centro de referência no apoio à oferta do ensino de ciências nas instituições públicas de ensino, oferecendo capacitação técnica e atualização pedagógica aos docentes das redes públicas de ensino;
- Desenvolver programas de extensão e de divulgação científica e tecnológica;
- Realizar e estimular a pesquisa aplicada, a produção cultural, o empreendedorismo, o cooperativismo e o desenvolvimento científico e tecnológico;
- Promover a produção, o desenvolvimento e a transferência de tecnologias sociais, notadamente as voltadas à preservação do meio ambiente.

VEJA O REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA (ROD)
CLIQUE AQUI PARA AGENDAR UM VEÍCULO (PARA SERVIDORES)