Você está aqui: Página Inicial > Acaraú > Notícias > Mestrado abre 25 vagas para servidores do IFCE

Notícias

Mestrado abre 25 vagas para servidores do IFCE

Qualificação Profissional

Inscrições serão acolhidas no período de 16 a 27 de janeiro de 2017; confira o edital completo
publicado: 04/01/2017 15h01 última modificação: 04/01/2017 15h01

O Instituto Federal do Ceará (IFCE), por meio da Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação (PRPI), tem buscado viabilizar condições para que os servidores possam se qualificar mais ainda, principalmente em cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado).

A repercussão é imediata na carreira funcional, seja na eficiência dos procedimentos e processos administrativos como também no aprimoramento das ações nas áreas fins da instituição: ensino, pesquisa e extensão, sem falar nos ganhos salariais significativos, recebidos após a aquisição do título de mestre ou de doutor.

Nesse sentido, tem articulado parcerias interinstitucionais para garantir vagas à qualificação, além de propor a abertura de programas institucionais, por exemplo, o mestrado em Artes, aprovado recentemente pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, cuja primeira turma deve ser formada já em 2017, contemplando também o público externo.

Fortalecendo mais ainda política de qualificação, uma parceria com a Universidade Federal do Ceará resultou na abertura de edital com 25 vagas específicas para servidores do IFCE no Mestrado Profissional em Avaliação de Políticas Públicas, cujas inscrições serão acolhidas no período de 16 a 27 de janeiro de 2017.

A seleção tem quatro etapas e o programa conta com três linhas de pesquisa. As aulas acontecerão no campus de Acaraú. Podem se candidatar servidores que estejam em efetivo exercício de suas funções. Há, também, 05 vagas disponíveis para a comunidade em geral.

LINHAS DE PESQUISA:

Desenho das Políticas Públicas de Caráter Social: avaliação do desenho das políticas: sua proposição, seus mecanismos de efetivação e implementação, bem como as bases conceituais e metodológicas, presentes em políticas de caráter social. Estudos e pesquisas com resultados de cunho teórico-metodológico para compreensão e aperfeiçoamento das políticas sociais.

Políticas Públicas e Mudanças Sociais: avaliação de políticas públicas no âmbito nacional, regional e local, relativas à cidadania, igualdade, equidade e inclusão social. Políticas de geração e transferência de renda; trabalho, crédito e economia solidária; de assistência social, educação, saúde, cultura e arte; de ação afirmativa com recorte em gênero, geracional e étnico; mecanismos de democratização e controle social, como orçamento participativo e organismos colegiados, enfocando a relação Sociedade e Estado em uma perspectiva de interssetorialidade.

Políticas Públicas, Território e Cultura: avaliação de políticas públicas federais, estaduais e municipais, nos espaços urbanos e rurais, incluindo: políticas ambientais; de desenvolvimento local ou regional; desenvolvimento rural e urbano; redes de infraestrutura; habitação, planejamento e gestão e turismo.

Confira o edital de abertura de inscrições